Últimas do FM

Educação

Prefeitura de Natal entregará CMEI Professora Cláudia Oliveira reformado e ampliado

 A REFORMA E AMPLIAÇÃO RECEBEU INVESTIMENTOS DA ORDEM DE R$ 602.570,85.(FOTO: MANOEL BARBOSA)


A REFORMA E AMPLIAÇÃO RECEBEU INVESTIMENTOS DA ORDEM DE R$ 602.570,85.(FOTO: MANOEL BARBOSA)

 

A Prefeitura Municipal entrega para a população da Zona Leste de Natal, nesta quarta-feira (13), às 16 horas, as instalações do Centro Municipal de Educação Infantil Professora Cláudia Oliveira de Farias. A unidade passou por uma reforma e ampliação para garantir melhor atendimento as 298 crianças matriculadas na Educação Infantil. O CMEI Professora Cláudia Oliveira se localiza na Rua Esplanada Silva Jardim, 69, Rocas.

A reforma e ampliação recebeu investimentos da ordem de R$ 602.570,85. O projeto proporcionou a substituição do revestimento, recuperação de janelas, construção de caixa de lixo e casa de gás, caixa de areia, espaço para banho comum, um banheiro para o berçário, dois banheiros com acessibilidade, dois banheiros para professores, ampliação da cozinha, criação do pórtico de entrada com acessibilidade, substituição do muro, paisagismo e revisão elétrica e hidráulica.

A unidade funciona com 13 turmas, distribuídas em Berçário II e do I ao IV Nível. Para prestar atendimento, o corpo docente é formado por 18 educadores infantis e 12 estagiários. Ainda fazem parte do corpo de recursos humanos, quatro porteiros (dois por turno), duas cozinheiras, dois auxiliares de cozinha, quatro auxiliares de serviços gerais e dois assistentes de secretariado.

O Centro Municipal de Educação Infantil Professora Cláudia Oliveira de Farias foi criado pela Prefeitura Municipal do Natal por meio do Decreto nº 8.655 de 09 de fevereiro de 2009. A unidade é administrada pelos professores Vânia Iglesias Freire de Souza (gestor administrativo financeiro) e Lindemberg Batista da Silva (gestor pedagógico).

Política

Dilma diz que relatório do impeachment é ‘maior fraude’ da história

Aprovado por 38 votos a 27, o relatório defende a autorização de abertura do processo de impeachment da presidente. Agora, deverá ser votado no fim de semana pelo plenário da Câmara. Se aprovado, vai para o Senado, instância responsável por julgar o mérito da questão e decidir se a presidente será afastada por crime de responsabilidade.

“Trata-se maior fraude jurídica e politica de nossa história. Sem ela, impeachment sequer seria votado. O relatório da comissão do impeachment é instrumento da fraude. O relatório é tão frágil, sem fundamento, que chega a confessar que não há indícios, provas suficientes daquelas que chama de irregularidades e tentam me atribuir”, declarou a presidente a presidente em um evento para educadores e representantes estudantis no salão nobre do Palácio do Planalto.

No mesmo discurso, Dilma apontou o vice-presidente Michel Temer e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), como “chefes do golpe” e “chefes da conspiração”. Segundo Dilma, o país vive “tempos estranhos, tempos de golpe, de farsa e de traição”.

G1 DF

Economia

Brasileiro gasta, em média, R$ 30,48 para comer fora de casa

VALOR MENSAL GASTO POR UM TRABALHADOR COM ALMOÇOS DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA REPRESENTARIA 76,2% DO ATUAL SALÁRIO MÍNIMO, QUE É DE 880 REAIS(ISTOCKPHOTO/GETTY IMAGES)

VALOR MENSAL GASTO POR UM TRABALHADOR COM ALMOÇOS DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA REPRESENTARIA 76,2% DO ATUAL SALÁRIO MÍNIMO, QUE É DE 880 REAIS (ISTOCKPHOTO/GETTY IMAGES)

Os brasileiros que moram em cidades com mais de 100 mil habitantes desembolsam, em média, R$ 30,48 para fazer uma refeição completa fora de casa, de acordo com os resultados de pesquisa divulgada nesta terça-feira pela Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (Assert). Pela pesquisa, o valor mensal gasto por um trabalhador com almoços de segunda a sexta-feira representaria 76,2% do atual salário mínimo (880 reais).

Ainda segundo o estudo, encomendado pela Assert e realizado pelo Datafolha, o Sul do Brasil é a região onde a refeição custa mais: média de 31,74 reais. No Centro-Oeste, o valor médio é de 26,73 reais; no Norte, 28,48 reais; no Nordeste, 29,18 reais; e no Sudeste, 30,93 reais.

Para a pesquisa, foram consultados, entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016, 4.560 estabelecimentos comerciais de 51 municípios distribuídos pelas cinco regiões do Brasil. Foram visitados restaurantes, bares, lanchonetes e padarias que oferecem uma refeição completa: prato principal, bebida, sobremesa e café.

Veja

Polícia

‘Milagre de Deus’, diz garoto de 14 anos obrigado a pular de ponte no RN

ADOLESCENTE DE 14 ANOS FOI OBRIGADO A PULAR DA PONTE DE IGAPÓ (FOTO: REPRODUÇÃO/INTER TV CABUGI)

ADOLESCENTE DE 14 ANOS FOI OBRIGADO A PULAR DA PONTE DE IGAPÓ (FOTO: REPRODUÇÃO/INTER TV CABUGI)

 

Polícia

Adolescente é apreendido com carro roubado e pistola 380 na zona Oeste de Natal

 VEÍCULO TIPO FORD FIESTA DE COR BRANCA E PLACAS QGS 0109 COM REGISTRO DE ROUBO FOI APREENDIDO COM O ADOLESCENTE NA AVENIDA CORONEL ESTEVAM (NOVE).


VEÍCULO TIPO FORD FIESTA DE COR BRANCA E PLACAS QGS 0109 COM REGISTRO DE ROUBO FOI APREENDIDO COM O ADOLESCENTE NA AVENIDA CORONEL ESTEVAM.

 

Policiais das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM), por meio do serviço de inteligência, conseguiram localizar e apreender na manhã desta terça-feira (12) um adolescente em conflito com a lei, que estava de posse de um veículo tipo Ford Fiesta de cor branca e placas QGS 0109, com registro de roubo e uma pistola calibre 380.

O infrator foi localizado quando transitava no veículo pela Avenida Coronel Estevam (antiga Avenida 9), no bairro Dix-sept Rosado, onde, com o apoio da Força Tática do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), o veículo foi abordado e na revista a arma foi encontrada.

O adolescente, que já possuía mandado de busca e apreensão, foi encaminhado à Delegacia Especializada no Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA) para o registro da ocorrência e as providências cabíveis. 

PISTOLA APREENDIDA JUNTO COM O ADOLESCENTE.

PISTOLA APREENDIDA JUNTO COM O ADOLESCENTE.

Política

Operação Lava Jato: Quatro partidos dividiram propina em forma de doação legal

 O EX-SENADOR GIM ARGELLO (PTB-DF), PRESO NA NOVA FASE DA LAVA-JATO. (AILTON DE FREITAS / AGÊNCIA O GLOBO)


O EX-SENADOR GIM ARGELLO (PTB-DF), PRESO NA NOVA FASE DA LAVA-JATO. (AILTON DE FREITAS / AGÊNCIA O GLOBO)

Os R$ 5 milhões que o ex-senador Gim Argello pediu a Ricardo Pessoa, dono da UTC, para que o empresário não fosse ouvido na CPI da Petrobras do Senado e na CPMI do Senado e da Câmara dos Deputados foram depositados como doações eleitorais oficiais para quatro partidos políticos – o DEM recebeu R$ 1,7 milhão; o PR ficou com R$ 1 milhão; e PMN e PRTB ficaram com R$ 1,150 milhão cada um. No total, foram 12 depósitos aos partidos entre 11 de julho e 2 de outubro de 2014.

Preso nesta manhã na 28ª Fase da Lava-Jato, Argello foi senador entre 2007 a 2015 e foi vice-presidente tanto da CPI da Petrobras do Senado quanto da CPMI do Senado e da Câmara dos Deputados. Os quatro partidos beneficiados compunham a coligação partidária pela qual concorreu Gim Argello ao mandato de senador pelo Distrito Federal em 2014.

Embora o dinheiro tenha servido para impedir que Pessoa fosse convocado a depor, o que dependia da concordância de outros parlamentares, o juiz Sérgio Moro afirmou no despacho em que determinou a prisão preventiva de Argello que “não há nenhuma prova de que os dirigentes desses partidos estariam envolvidos nos ilícitos” e que o mais provável é que o então senador não tenha revelado a eles “a origem escusa do numerário” e que os valores tenham servido para custear a campanha do próprio senador, que não foi reeleito.

O Globo

 

Polícia

Polícia Militar fecha ponto de venda de drogas e detém suspeito de furto em Nova Cruz

MATERIAL FOI APREENDIDO COM DOIS ADOLESCENTES. (DIVULGAÇÃO/SESAP)

MATERIAL FOI APREENDIDO COM DOIS ADOLESCENTES. (DIVULGAÇÃO/SESAP)

Policiais do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM) por meio do seu serviço de inteligência identificou na noite desta segunda-feira (11) um ponto de venda de drogas, localizado no Bairro Cidade do Sol, na cidade de Nova Cruz. Após uma investigação no local, os policiais conseguiram identificar e apreender dois adolescentes que comercializavam entorpecentes naquela área. Com eles a PM apreendeu 52 trouxinhas de maconha e oito pedras de Crack, um simulacro de arma de fogo e uma espingarda do tipo garrucha. O material e os adolescentes foram encaminhados à Delegacia Regional de Plantão para as medidas cabíveis.

Na mesma noite, os policiais do 8º BPM ainda detiveram um homem identificado como Bruno Eduardo Januário, suspeito de furto de uma bateria automotiva. Ele foi flagrado pelo dono do automóvel quando subtraia o objeto. O infrator, que já respondeu por outro crime no passado, foi encaminhado à Delegacia de Plantão para o registro da ocorrência, ficando à disposição da Polícia Judiciária.
BRUNO EDUARDO JANUÁRIO É SUSPEITO DE FURTO DE UMA BATERIA AUTOMOTIVA. (DIVULGAÇÃO/SESAP)

BRUNO EDUARDO JANUÁRIO É SUSPEITO DE FURTO DE UMA BATERIA AUTOMOTIVA. (DIVULGAÇÃO/SESAP)

Política

Governo e oposição tentam captar aliados para votação do impeachment no plenário

 O PARECER APROVADO NA COMISSÃO SERÁ ENCAMINHADO AO PLENÁRIO DA CÂMARA. (FOTO: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL)


O PARECER APROVADO NA COMISSÃO SERÁ ENCAMINHADO AO PLENÁRIO DA CÂMARA. (FOTO: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL)

No dia seguinte à aprovação do relatório favorável à abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na comissão especial que analisou a admissibilidade do pedido durante 25 dias, parlamentares da oposição e do governo têm reuniões com o intuito de definir a estratégia para a votação no plenário, prevista para começar na sexta-feira (15) e terminar no domingo (17), e captar votos para cada lado.

Deputados que defendem o impedimento da presidenta mantêm na manhã de hoje (12) encontros informais e agora estão reunidos. Apesar de integrantes da oposição pedirem cautela, o número de votos para o afastamento de Dilma já chegaria a 360 “com os pés no chão”, afirmam assessores da oposição, o que seria suficiente para dar continuidade ao processo e enviá-lo ao Senado.

Governistas evitam cravar um placar, mas apostam que a oposição não conseguirá o número de votos necessários pró-impeachment no plenário. Na comissão, onde foram computados 38 votos a favor e 27 contra o impeachment, o resultado dependia da maioria simples, já no plenário, são necessários dois terços dos votos dos 513 deputados, ou seja 342 votos. Para os governistas, se a oposição não conseguiu dois terços dos votos ontem (11) na comissão, também não vai conseguir no plenário.

O PT começou o dia reunido com assessores e movimentos sociais. No encontro, fechado à imprensa, devem ser definidos atos de manifestação e protesto, como, por exemplo, quando for feita a leitura do relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) em plenário, previsto para 14h de hoje (12). O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, também deve ser alvo das manifestações, já que os governistas o acusam de ter acelerado a tramitação do pedido. Na reunião com assessores, deputados ainda alertaram que é preciso proteger servidores que tem sido “atacados” por se manifestarem a favor da presidenta Dilma.

A estratégia do PT deve seguir em clima de final de Copa do Mundo, como definiram alguns parlamentares ao entrar para o encontro. Será no corpo a corpo que pretendem garantir o número de votos para barrar a coninuidade do processo. Em relação a informações de que estaria em curso uma debandada de deputado do partido, vários petistas negam e dizem que há coesão pela defesa de Dilma. Possíveis saídas podem ocorrer, conforme alguns deputados, depois das eleições municipais e se o impeachment avançar.

No PR, o impasse entre a posição do líder Maurício Quintella Lessa (AL) e a da Executiva Nacional do partido, fez com que o encaminhamento do voto de bancada fosse lido pelo deputado Édio Lopes (RO), que orientou pelo voto contrário ao impeachment. Quintella Lessa anunciou no último dia 11 o afastamento da liderança por ter opinião contrária a do partido. Há expectativas de que os deputados da legenda se reúnam hoje para tentar afinar o discurso, numa prévia para a votação do relatório em plenário.

Os líderes do PRB, Solidariedade, PSB, DEM, PPS e PMB declararam voto pelo impeachment,enquanto as lideranças do PT, PCdoB, PDT, PTN, PSOL e PEN firmaram posição contrária ao processo.

Próximos passos

Com a leitura do parecer da comissão na tarde de hoje, o texto será publicado e as sessões de debates sobre o pedido de impeachment começam às 9h da próxima sexta-feira (15). Eduardo Cunha já sinalizava que, como as discussões vão tomar dias, a expectativa é que a votação ocorra até o final da tarde do domingo (17). Líderes partidários se reúnem hoje, às 15h, para definir alguns detalhes como a presença de representantes da sociedade civil nas galerias do plenário durante estes dias e sobre a ordem de chamada dos deputados.

Ontem, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou um pedido do deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA) para que a Corte definisse a sequência de votação, argumentando que o Judiciário não pode interferir em questões internas do Congresso.

Agência Brasil

Natal

Servidores de Natal entram em greve a partir de 20 de abril

NO A NO PASSADO A PREFEITURA CHEGOU A FICAR SEM OS SERVIÇOS POR TRÊS VEZES EM MENOS DE 15 DIAS, PELO MESMO MOTIVO.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat) acaba de oficializar à Prefeitura o início de uma greve por tempo indeterminado, a partir do dia 20 de abril. Na mesma data, às 9h, na Praça Tamandaré (Cidade Alta), acontece um protesto, no qual os servidores caminharão até o Palácio Felipe Camarão.

A Entidade respeitou a obrigação legal de aguardar até o fim de março, mês limite para o cumprimento da Lei da Data-Base, que garante a reposição da perdas inflacionárias anualmente. Sem o pagamento de 2016, o prefeito Carlos Eduardo acumula duas Datas-Base vencidas, sem qualquer tipo de negociação com os servidores.

Confira os demais pontos da pauta de reivindicações:

– Mudança de nível;
– Atualização do quinquênio;
– Criação das carreiras específicas;
– Isonomia na saúde;
– Concurso público;
– Convocação dos aprovados;
– Promoção;
– Férias;
– Fim do abono salarial.

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DO SINSENAT

OFÍCIO ENVIADO À PREFEITURA PELO  SINSENAT

Tecnologia

Natal recebe um dos maiores eventos de provedores da região Nordeste nesta quinta-feira

 4º CONGRESSO RTI PROVEDORES DE INTERNET ACONTECE NO PRÓXIMO DIA 14 NO PRAIAMAR NATAL HOTEL & CONVENTION


4º CONGRESSO RTI PROVEDORES DE INTERNET ACONTECE NO PRÓXIMO DIA 14 NO PRAIAMAR NATAL HOTEL & CONVENTION

Na próxima quinta-feira (14), profissionais de renome nacional e regional, empresas, provedores e estudantes estarão reunidos em um dos maiores eventos do Nordeste do mercado de provedores, o 4º Congresso RTI Provedores de Internet, que acontece no Praiamar Natal Hotel & Convention, das 8h às 18h.

Sob a organização da Aranda Eventos, o Congresso abordará os temas: Marco Civil da Internet, banda larga, avanço tecnológico, tecnologias de acesso óptico, questões jurídicas para TI energia solar, políticas públicas para provedores de internet, inclusão social, entre outros.

Para ministrar as palestras, o evento traz profissionais e especialistas da área, como: Artur Coimbra de Oliveira, diretor do Departamento de Banda Larga  do Ministério das Comunicações com o tema “Políticas públicas para provedores de internet regionais”; Guilherme Gilson Sousa do Grupo Neoenergia – Cosern; Rafael Galdino da UP Telecom; a advogada Adriana Cardoso Cansian, especialista em Direito Eletrônico, entre outros convidados que abordarão temas importantes para o atual cenário dos provedores de internet.

Além das palestras, o Congresso terá uma exposição paralela com quase 40 estandes. Os interessados em participar do 4º Congresso RTI ainda podem fazer a inscrição através do www.rtiprovedoresdeinternet.com.br/.

 

SERVIÇO

4º Congresso RTI de Provedores de Internet

Quando: 14 de abril de 2016

Local: Praiamar Natal Hotel

Horário: das 8h às 18h