Geral

Nome de destaque na psiquiatria brasileira, médico Antônio Geraldo será homenageado com ‘cidadania natalense’ em dezembro

DR. ANTÔNIO GERALDO DA SILVA, PRESIDENTE DA APAL

Nome reconhecido nacionalmente na área de psiquiatria, o médico Antônio Geraldo da Silva, presidente da Associação Psiquiátrica da América Latina (APAL), estará em Natal no próximo dia 13 de dezembro, quando será agraciado com o “Título de Cidadão Natalense”, durante solenidade que acontecerá no auditório da Associação Médica do Rio Grande do Norte. A iniciativa é da vereadora Nina Souza (PDT), que acolheu sugestão que lhe foi dada pelo presidente da Associação dos Familiares e Amigos dos Portadores de Transtornos Mentais (AFDM), professor Sid Marques Fonseca.

A homenagem a Antônio Geraldo, que também é presidente-eleito da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), entidade que já comandou entre o período de 2010 a 2016, já tem a presença confirmada do secretário nacional do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro Junior, que será um dos oradores do evento, ao lado de personalidades da classe médica potiguar.

A PROPOSTA FOI DA VEREADORA NINA SOUZA

Segundo Nina Souza, é mais do que justa a homenagem prestada ao médico Antônio Geraldo, que é natural de Montes Claros (MG). De acordo com a vereadora, mesmo sendo um nome reconhecido nacionalmente, ele sempre se mostrou “um apaixonado por Natal”. Para ela, graças a essa ligação do homenageado com a capital potiguar, Natal já sediou, por diversas oportunidades, eventos de abrangência nacional na área de psiquiatria.

“Ele sempre destinou especial atenção a Natal e ao Rio do Grande do Norte. Seu apoio, enquanto presidente da associação Brasileira de Psiquiatria, foi essencial para a realização em Natal, em 2012, do XXX Brasileiro Congresso de, evento de grande envergadura, que reuniu sete mil participantes, acarretando além da divulgação cientifica no estado, a valorização do nosso turismo”, destacou Nina.

Já na opinião de Sid Marques Fonseca, que também é membro da Federação Nacional das Associações em Defesa da Saúde Mental, o médico que se tornará cidadão natalense proporcionou o incentivo a inúmeras campanhas de conscientização no estado do Rio Grande do Norte, entre elas o combate a Psicofobia e a Companhia de Prevenção ao Suicídio (Setembro Amarelo). “Trata-se de uma referência internacional em movimentos de esclarecimento dos direitos à saúde, em prol dos pacientes com transtornos mentais”, explica Fonseca.


Deixe um Comentário