Política

Nina Souza se torna a primeira mulher a assumir presidência de Comissão de Justiça da CMN

VEREADORA NINA SOUZA IRÁ PRESIDIR A COMISSÃO MAIS IMPORTANTE DA CASA. FOTO: DIVULGAÇÃO

A Câmara Municipal de Natal presenciou, nesta quarta-feira (19), um momento inédito em toda sua história: a vereadora Nina (PDT)  foi eleita a primeira mulher para presidir os trabalhos da  Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Casa. Ela ficará à frente da CCJ até 2021.

“É um momento de orgulho. Essa votação é simbólica, pois não será só a vereadora Nina que será presidente, mas todas as mulheres natalenses. Eu sou advogada por formação e são várias mulheres e juristas que estão sendo representadas com essa escolha. A alegria maior é saber que, mesmo a maioria da composição da CCJ sendo de homens, esses voltaram em mim”, enfatizou a parlamentar.

A Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal conta com sete membros. Ela é responsável por opinar sobre a legalidade e a constitucionalidade dos projetos que tramitam na Casa, entre outras competências.

Em tempo: Fundada  ainda no período colonial, em 1611, sob o nome de Senado da Câmara, a Câmara Municipal de Natal foi dissolvida na revolução de 1930 e só voltou a ser reaberta em 1948, já no período do Estado Novo. Durante a segunda metade do século XX, a sua sede física foi alterada diversas vezes. Em 1975, a CMN se instalou no Palácio Padre Miguelinho, que sedia as atividades dos parlamentares natalenses até os dias atuais.


Deixe um Comentário