Política

Natália Bonavides critica venda dos campos de petróleo no RN

“Nosso mandato se coloca contra o desmonte da Petrobras e vamos provocar a realização de uma reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras para debater o assunto”, disse Natália

A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) se posicionou contra a venda de sete campos de produção terrestres e marítimos de Petróleo do Polo Macau/RN – que conglomera os campos de Aratum, Macau, Serra, Salina Cristal, Lagoa Aroeira, Porto Carão e Sanhaçu. Esses campos juntos produzem cerca de 5,8 mil barris de óleo por dia, segundo dados do site O Petróleo.

A venda dos campos petrolíferos do Rio Grande Norte junto às declarações recentes do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, garantindo que a empresa vai priorizar até 2020 as atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural nos estados do Sudeste, afetam negativamente o RN.

“Nosso mandato se coloca contra o desmonte da Petrobras e vamos provocar a realização de uma reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras para debater o assunto e pensarmos ações conjuntas em defesa deste importante e estratégico patrimônio do povo brasileiro”, declarou a parlamentar. 

Natália faz parte da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras e tem defendido à presença da empresa em terras potiguares, uma vez que o Rio Grande do Norte é um dos maiores produtores de Petróleo do Brasil, sendo seus campos geradores de emprego e renda.  


Deixe um Comentário