Ambiental

Natalenses darão abraço simbólico no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte neste domingo

ATO OBJETIVA CHAMAR ATENÇÃO DAS AUTORIDADES PARA COMBATER IMPACTOS AMBIENTAIS

Com o objetivo de alertar os moradores de Natal e pedir providências às autoridades municipais para a gravidade de problemas que vêm ocorrendo no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, pessoas ligadas ao meio ambiente, parceiros e amigos estão mobilizando a população para dar um abraço simbólico no Parque da Cidade neste domingo, a partir das 9 horas. O “1º Abraço no Parque da Cidade” ocorrerá nas três entradas da Unidade de Conservação Municipal (Omar O´Grady, Cidade Nova e Cepema, que funciona no antigo Horto Pitimbu) e os interessados podem escolher a que ficar mais perto de casa para participar do ato. É recomendado ir com roupas leves, tênis, boné, levar squeeze com água, lanche, passar protetor solar. De acordo com os organizadores, a concentração será às 9 horas, quando serão passadas listas para coletar assinaturas dos presentes e o documento que será entregue ao prefeito Álvaro Dias. Também será feito um “adesivaço” nos carros e distribuição de mudas.

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte está instalado numa região dunar e tem uma reserva importante de água na parte subterrânea, o aquífero Barreiras, onde se encontra mais da metade da água que abastece as zonas Leste, Oeste e Sul de Natal. No seu entorno foram instalados 10 poços da Caern que representam cerca de 65% do volume de água consumido pela população. Para se ter uma ideia, só na região Oeste moram, aproximadamente, 400 mil habitantes. Mas, essa água pura está sendo contaminada por Nitrato porque, ao longo dos anos, com a expansão urbana, a intensificação da ocupação dos bairros no entorno e a não finalização do Sistema de Tratamento de Esgotos do Parque, essa situação se modificou totalmente. Análises realizadas pela UFRN, neste ano de 2019, revelam que em vários poços situados naquela área o índice de contaminação da água por Nitrato já supera os limites permitidos pela legislação. O Parque da Cidade foi criado em 2006 na Zona de Proteção Ambiental 1 para proteger as águas subterrâneas situadas no local e seu entorno. Naquela época, a área estava livre de contaminação.

Abaixo-assinado

Diante deste quadro, várias entidades e pessoas que se preocupam com o meio ambiente, se reuniram para criar um abaixo-assinado solicitando ao Prefeito Álvaro Dias, que adote todas as providências necessárias para que o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte possa continuar exercendo as suas relevantíssimas funções ambientais, sociais, culturais e turísticas, com benefícios para a nossa saúde e qualidade de vida. Também será solicitado ao gestor municipal a urgente publicação do Plano de Manejo no D.O.M., que já foi elaborado pela equipe do Parque da Cidade e tem o objetivo de fortalecer a Unidade de Conservação do município de Natal, para que desempenhe a sua função ambiental de forma sustentável.

Os dois problemas, urgentes, são alvos de ação da Promotoria do Meio Ambiente do RN e de decisão judicial, que deu prazo de 30 dias para a solução desses problemas e deve encerrar-se nos próximos dias. Recentemente, o Parque da Cidade recebeu o título de Posto Avançado da Biosfera da Mata Atlântica, reconhecido pela Unesco e pode perdê-lo, caso não cumpra as exigências mínimas do seu Conselho Nacional. 

A programação para o “1º Abraço no Parque da Cidade” deste domingo (1º) é a seguinte:

*9h – Concentração, com coleta de assinaturas

 *10h – Abraço nas três entradas e torre panorâmica

*10h30 às 11h30- blitz de adesivagem nos carros, distribuição de mudas

*11h30 – Encerramento

Realização: ACIRN, ONG Baobá, ASPOAN, Rede EuSouDoAmor, Santuário Ecológico de Pipa, UNI-RN, Centro de Ciências Morfológicas da UFRN, Gamboa do Jaquaribe, Dez Mulheres, SOS Mangue RN, Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social, Amigos do Parque da Cidade.


Deixe um Comentário