Esporte

Natal pode sediar uma das etapas de preparação da seleção brasileira de vôlei

FOTO: ALEX RÉGIS

Aproveitando a estrutura da recém-inaugurada Estação Cidadania – Esporte Jorge Moura, localizada na zona Norte, a Prefeitura pretende sediar em Natal um período de preparação da equipe brasileira que irá disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio. Nesse sentido, o prefeito Álvaro Dias entregou nesta quarta-feira (14) ao técnico da Seleção Brasileira de Voleibol, Renan Dal Zotto, e ao diretor da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Radamés Lattari, um ofício solicitando oficialmente a inclusão de Natal como uma das sedes da preparação das equipes olímpicas.

Renan e Lattari conheceram as instalações da Estação Cidadania, que fica muito próxima ao ginásio Nélio Dias, e elogiaram a estrutura esportiva montada e o convite formulado pelo prefeito e pelo secretário de Esportes, Claudio Porpino. Os dois estão em Natal prestigiando os jogos da Superliga C. Desde que surgiu a pandemia do novo Coronavírus, essa é a primeira competição oficial do vôlei no país. A proposta de trazer a equipe brasileira para Natal deve ser analisada e o presidente da Federação de Vôlei estadual, Igor Ribeiro Dantas, também propôs a realização de atividades no novo espaço na semana que antecede a Copa de Vôlei de Praia, que tem tido uma das etapas realizadas em Natal nos últimos anos.

“Convidamos a Seleção, porque sediar eventos como esse que traz a equipe brasileira para Natal, é uma prioridade, porque temos uma cidade bela, maravilhosa, com paisagens belíssimas. Deus e a natureza foram muito generosos com Natal. Então, quando as pessoas vêm para os eventos, e conhecem essas belezas, sempre voltam. Assim, nós estimulamos nosso potencial turístico. Por isso, temos todo interesse em realizar eventos esportivos nacionais ou internacionais”, afirmou o prefeito Álvaro Dias.

Renan agradeceu o convite para conhecer a estrutura e elogiou o espaço, destacando que dali muitos talentos podem ser lapidados e contribuir não só com o futuro do vôlei nacional, mas com as demais modalidades: “Fiquei muito impressionado com a estrutura. É tudo de alta qualidade. Não tenho dúvida que a seleção brasileira pode sim realizar alguma etapa de sua preparação para as Olimpíadas aqui na capital potiguar. Espaços como esse são fundamentais para a formação dos futuros atletas que irão servir às seleções nacionais nas mais diversas modalidades. Além do aspecto da formação esportiva, é importante destacar os avanços sociais e pedagógicos que locais como esse geram para a população. Esporte disciplina, educa e contribui muito na formação dos cidadãos. Não tenho dúvida que Natal vai ganhar muito quando isso estiver funcionando em sua plenitude”, destacou.

Segundo o prefeito, o complexo esportivo construído na zona Norte tem um papel importante nisso e para todo o esporte da capital potiguar. Ele explicou que ainda este ano a Prefeitura deve abrir vagas para receber a comunidade do entorno em escolinhas de esporte e que no próximo ano vai usar a estrutura para que os alunos da rede municipal possam praticar ali esportes de alto rendimento no contraturno escolar. “Esse foi um investimento muito importante para o esporte, inclusive paralímpico, que aqui tem toda infraestrutura para ser utilizado”, disse.

O secretário Cláudio Porpino falou sobre a importância do equipamento que pode receber até 1.500 usuários. “A Estação Cidadania tem muito orgulho de receber o Renan, campeão mundial, medalhista olímpico, um vencedor. Ele veio conhecer esse local que representa um dos legados dos Jogos Olímpicos de 2016”. Com uma das maiores estruturas esportivas da cidade, o complexo foi construído para trabalhar a iniciação esportiva de crianças e jovens, além de formar e desenvolver novos atletas. “O local tem capacidade para atender até 20 modalidades (treze olímpicas, seis paralímpicas e uma não olímpica) para até 1.500 crianças de 06 a 15 anos e conta com um Ginásio Poliesportivo com quadra coberta e externa, salas e toda uma estrutura adaptada para receber paratletas”, explicou Porpino.

O local foi entregue no dia 12 de agosto passado pela Prefeitura do Natal e o nome do equipamento esportivo é uma homenagem ao esportista potiguar Jorge Moura, que faleceu, aos 74 anos, vítima de AVC.


Comente aqui