BASTIDORES

“Na boca maldita” se comenta que venda do grupo Tribuna do Norte a Flávio Azevedo teria sido “contrato de mútuo”

EMPRESÁRIO FLÁVIO AZEVEDO TERÁ O PERÍODO DE UM ANO PARA VER SE O NEGÓCIO VALE MESMO A PENA. FOTO: DIVULGAÇÃO

Considerado uma águia no mundo dos negócios, condição essa que o tornou umas principais referências do segmento empresarial potiguar, o ex-presidente  da FIERN e empresário Flávio Azevedo,  na verdade não teria comprado o grupo Tribuna do Norte – jornal impresso,  portal TN On Line e a Tribuna FM…..

….Tem mais…

Na verdade o negócio realizado entre Azevedo e o grupo controlador da Tribuna do Norte, liderado pela família Alves, teria sido um tal “contrato de mútuo”, instrumento que regula uma espécie de empréstimo entre empresas, segundo explica ao BLOG DO FM uma fonte bem situada no mercado empresarial natalense, que “vazou” a informação. 

O “contrato de mútuo” teria ainda envolvido um valor em torno de R$ 4 milhões, que o grupo controlador da Tribuna teria que devolver após o prazo de 1 ano, se o negócio  não for finalizado.

 Flávio foi cauteloso…

….Terá o período de um ano para ver se o negócio vale mesmo a pena….

……Ao invés de comprar logo a Tribuna,  o empresário optou  pelo contrato de mútuo, para não ser futuramente surpreendido por um cenário financeiro diferente do que imaginava. 

Se no final do contrato o negócio não for concretizado, o valor aportado por Azevedo será a ele devolvido. 


Deixe um Comentário