Natal

Município e União assinam contrato para cessão de terreno nas Rocas

“Nós estamos consolidando um complexo econômico nas Rocas. Temos verificado que o bairro tem uma vocação para o comércio. É mais uma iniciativa para mudar a realidade das pessoas”, assinalou o prefeito Carlos Eduardo ao assinar na manhã desta sexta-feira (24), no gabinete de Candelária, um contrato de Cessão Provisória de um terreno de Marinha na região da comunidade do Maruim. Pela União, assinou o documento o Superintendente do Patrimônio da União no Rio Grande do Norte, Esdras Alves de Queiroz.

O terreno mede 13. 933,68 metros quadrados e está localizado entre as ruas São João de Deus, Hildebrando de Góis e a praça Engenheiro José Gonçalves, compreendendo um perímetro onde está inserida a comunidade do Maruim. Na condição de outorgado cessionário, a prefeitura de Natal construirá na área a praça do Pôr do Sol e um complexo comercial, envolvendo um Centro de Descasque de Camarão, quiosques, banheiros públicos e estacionamento, abrangendo uma área de 7.046,82 metros quadrados e investimentos na ordem de R$ 3,7 milhões, entre recursos do OGU/PAC e próprios do município. Os demais 6.886,86 metros quadrados se destinarão à ampliação da área de estocagem do Porto de Natal.

Na ocasião, Carlos Eduardo lembrou a construção do Mercado do Peixe, a urbanização da feira pública do bairro e o Mercado Modelo das Rocas, obras executadas ao longo de suas gestões à frente da prefeitura: “O bairro das Rocas tem sua vocação comercial. O Mercado Modelo, por exemplo, irá se transformar em referência do comércio. Lá temos o Centro Comercial do Descasque e a Biblioteca Digital”.
A construção do Centro Comercial traz um avanço social e econômico para a cidade, e representa mais uma etapa do projeto de reurbanização da região do Maruim, que teve início com a remoção dos moradores da antiga comunidade para o Residencial São Pedro. A população foi relocada para um complexo habitacional de qualidade, tendo a oportunidade de morar em um local digno e confortável. “Ninguém merece morar numa favela”, ressaltou o gestor.

A região vem recebendo diversos investimentos, tais como a construção do Mercado do Peixe e do Mercado Modelo das Rocas, e a urbanização do Maruim proporcionará um melhor traçado urbanístico para a cidade e dará ao Porto de Natal uma melhor condição de estocagem, sendo fundamental para o desenvolvimento social das famílias beneficiadas.

Participaram ainda da reunião o secretário de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes, Carlson Gomes, o secretário adjunto Albert Josua Neto e o secretário adjunto de Comunicação Social, Marcos Alexandre de Araújo.



Deixe um Comentário