Política

Laurita Arruda lamenta esquecimento do ex-prefeito Agnelo Alves por parte do Poder Público potiguar

A esposa do ex-deputado federal e ministro, Henrique Eduardo Alves, 71, a jornalista e advogada Laurita Arruda, 43, lamentou nesta sexta-feira, nas redes sociais e no seu blog Território Livre, o esquecimento do ex-deputado e prefeito de Natal e Parnamirim, Agnelo Alves (In Memoriam), por parte das autoridades públicas do Rio Grande do Norte.

É que hoje completa quatro anos da morte de Agnelo Alves, que morreu de câncer aos 83 anos de idade, sem nenhuma programação pública para homenageá-lo.

Na postagem intitulada “A falta que Agnelo faz”, Laurita lembrou que o tio de seu marido também foi “chefe da Casa Civil do Governo do RN; Prefeito eleito de Natal, preso e cassado há 50 anos; prefeito eleito de Parnamirim duas vezes; Senador (suplente), assumiu o mandato de deputado estadual por dois mandatos e morreu no exercício do cargo”.


Deixe um Comentário