Geral

MPRN terá quatro projetos entre os premiados do Prêmio CNMP 2016

Conselho divulgou hoje os projetos a serem premiados em cada uma das nove categorias do Prêmio. A colocação (1º, 2º ou 3º lugar) de cada um será conhecida em setembro, durante abertura do 7º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público, em Brasília

A Comissão de Planejamento Estratégico do Conselho Nacional do Ministério Público (CPE/CNMP) divulgou nesta segunda-feira (4) a lista com os 27 projetos a serem agraciados com o Prêmio CNMP 2016. De cinco projetos do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) que estavam na disputa, quatro deles obtiveram reconhecimento do CNMP e estão entre os três premiados de suas categorias.

O Prêmio CNMP possui nove categorias: Defesa dos Direitos Fundamentais; Transformação Social; Indução de Políticas Públicas; Redução da Criminalidade; Redução da Corrupção; Unidade e Eficiência da Atuação Institucional e Operacional; Comunicação e Relacionamento; Profissionalização da Gestão; e Tecnologia da Informação.

Os vencedores de cada uma serão conhecidos no dia 21 de setembro, durante a solenidade de abertura do 7º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público.

O MPRN será premiado na categoria Indução de Políticas Públicas com dois projetos: Nascer com Dignidade, que busca melhorias para atenção materno-infantil; e Transformando Destinos, de enfrentamento às drogas e suas consequências em todos os eixos pertinentes (prevenção, cuidado e repressão).

Na categoria Redução da Criminalidade, o projeto do MPRN a ser premiado é o do Grupo Reflexivo de Homens: por uma atitude de paz, desenvolvido pelo Núcleo de Apoio à Mulher Vítima da Violência Doméstica e Familiar – NAMVID, para ressocialização de agressores e prevenção da reincidência.

Também receberá premiação, na categoria Unidade e Eficiência da Atuação Institucional e Operacional, o projeto MP não Para – Núcleo de Apoio Administrativo Volante, que objetiva impedir as unidades, notadamente os órgãos de execução, de terem prejuízo na continuidade do serviço em decorrência de afastamento de longo prazo de seus servidores.

Neste ano, o MPRN, com o MPDFT, será a unidade ministerial com mais projetos premiados, de todas do país.

O Prêmio CNMP foi criado para dar visibilidade aos programas e projetos do Ministério Público brasileiro que mais se destacaram na concretização dos objetivos do Planejamento Estratégico Nacional do MP.

Ano passado, o MPRN já foi contemplado com o prêmio CNMP na categoria de Tecnologia da Informação, pela implantação do seu sistema de videoconferência (2º lugar em 2015).

Esta é a quarta edição do Prêmio CNMP e o MPRN obteve projetos vencedores em todas as edições: Notícia Cidadã (2013); Amigo Verde – Gramorezinho / Projeto de adequação ambientação de Postos de Combustíveis (2014); e Implantação da Videoconferência do MPRN (2015).

Clique aqui para conhecer todos os premiados de 2016.


Comente aqui