Ministério Público

MPRN promove capacitação para acolhida de mulheres com interesse na entrega dos filhos para adoção em Mossoró

FOTO: MAURENILSON FREIRE/CB/D.A PRESS

A 12ª Promotoria de Justiça de Mossoró realizará essa semana o curso “Acolhida de mulheres com interesse na entrega de crianças para adoção”, desta quarta (7) até a sexta-feira (9), na sede do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) na comarca. O evento faz parte de esforços do MPRN para fomentar um programa de atendimento a essas mulheres no Município.  A capacitação é voltada para integrantes do MPRN, Poder Judiciário, conselheiros tutelares, conselheiros de direitos da criança e do adolescente, médicos, psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros e integrantes do grupo local de apoio à adoção.  

O curso será ministrado por três palestrantes. Um deles, o juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude da comarca de Recife, Élio Braz, é referência nacional no desenvolvimento de estratégias para o acolhimento das mulheres que manifestam o desejo de entrega das crianças para a adoção. Completam o trio o psicólogo Paulo Teixeira e a pedagoga Cynthia Maurício Nery, ambos integrantes da Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça-TJPE e da Coordenação do Programa Acolher TJPE.  A programação está marcada para começar na quarta-feira (7), às 19h, com a mesa de abertura, seguida pela palestra magna “A experiência à frente do Programa Mãe Legal (Recife/PE): vivências e aprendizados”, a ser conduzida pelo magistrado. A noite será finalizada com um debate.  

O segundo dia (das 9h às 17h com intervalo para almoço) e o terceiro dia (pela manhã) serão dedicados à realização de três oficinas, sob a responsabilidade do psicólogo e da pedagoga pernambucanos. A experiência do Programa Acolher TJPE na entrega legal e responsável de crianças para adoção e o lugar do Sistema de Justiça no atendimento à mulher que deseja entregar a criança para a adoção serão os temas abordados.


Deixe um Comentário