Educação

Mossoró será a única cidade do RN a receber projeto Petrobras Primeira Infância

O OBJETIVO DO PROJETO É DESENVOLVER POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS À PRIMEIRA INFÂNCIA

A prefeita Rosalba Ciarlini recebeu nessa segunda-feira, 11, a visita de uma equipe da Petrobras, acompanhada por integrantes da Fundação Getúlio Vargas, Rede ANDI Brasil, Unesco e Ministério da Cidadania. O motivo da visita foi a apresentação de um projeto, por parte da Petrobras, com proposta de parceria para a Prefeitura de Mossoró, com objetivo de desenvolver políticas públicas voltadas à primeira infância.

O Projeto Petrobras Primeira Infância deve beneficiar a 15 municípios. A primeira parte terá duração de três anos e será desenvolvida em quatro municípios, além de Mossoró, um município de Sergipe, um do Rio de Janeiro e um de São Paulo.

A execução do projeto, que é da Unesco, desenvolvido através do Ministério da Cidadania em parceria com os municípios, será viabilizada em Mossoró através das Secretarias do Desenvolvimento Social e Juventude e de Educação. “Será um projeto desenvolvido através dos CRAS, no projeto Criança Feliz. Temos os serviços de convivência e fortalecimento de vínculos em alguns municípios, mas sabemos que ainda é uma oferta deficiente. ´Neste caso será uma integração entre a rede sócio assistencial”, disse a diretora do departamento da Primeira Infância do Ministério da Cidadania, Ana Paula Martins.

A representante da Rede ANDI Brasil, Ana Potyara Tavares, solicitou à Secretaria do Desenvolvimento Social indicadores das ações realizadas no município, voltadas à primeira infância.

Lorena Ciarlini, secretária do Desenvolvimento Social e Juventude, afirmou que sistematizar esses indicativos é uma necessidade. “O plano para a primeira infância já está sendo analisado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente, o COMDICA. Aqui em Mossoró temos pessoas altamente qualificadas para lidar com esse público, por isso somos referência para outros municípios. Essa parceria só vem a melhorar as ações, precisamos desse auxílio”, frisou.

A secretária de Educação, Magali Delfino também esteve presente na reunião. “Esse projeto está sendo apesentado para que possa ser avaliado pela prefeita. Para Educação ele vai proporcionar uma formação continuada para toda a educação infantil, por um período de três anos, para professores, diretores e supervisores. É um projeto muito rico que só vem a contribuir com a educação no município. Hoje temos um número de 90% das crianças que saem das Unidades de Educação Infantil alfabetizadas, um dado de 2018. Para 2019 a meta é que esse número chegue a 93% e em 2020, através desta parceria, melhorarmos ainda mais os indicadores”, afirmou.

A prefeita Rosalba Ciarlini destacou que a política para criança é prioridade na sua gestão. “Já realizamos de forma rotineira políticas voltadas para a primeira infância, tanto no Desenvolvimento Social, quanto na Educação”.

Saiba mais, assista:

PMM



Deixe um Comentário