LAVA JATO

Morto em acidente aéreo, Teori Zavascki interrompeu as férias para trabalhar nas investigações da Lava Jato

Ministro do STF Teori Zavascki / Foto: Valter Campanato Agência Brasil

O MAGISTRADO VOLTOU DO RECESSO PARA ANALISAR A DELAÇÃO PREMIADA DOS 77 EXECUTIVOS DA ODEBRECHT, PONTO MAIS ALTO DA OPERAÇÃO, E DETERMINOU O INÍCIO DA AUDIÊNCIA COM OS DEPOENTES

O ministro do STF Teori Zavascki, que morreu em um acidente aéreo nesta quinta-feira (19), em Paraty, no Rio de Janeiro, interrompeu as férias do tribunal no início deste ano para dar seguimento às investigações da Operação Lava Jato.

O magistrado voltou do recesso para analisar a delação premiada dos 77 executivos da Odebrecht, ponto mais alto da operação, e determinou o início da audiência com os depoentes. Antes do início dos trabalhos, Teori ordenou a sua equipe, formada por juízes e servidores de confiança, que eles não falassem com ninguém sobre o assunto, para evitar o vazamento do conteúdo das delações. No dia em que recebeu os documentos, o ministro já demonstrava preocupação com o vazamento de algumas informações.

Fonte: JC On Line


Deixe um Comentário