Luto

Morre em Natal o radialista esportivo José Jorge; Aquino Neto desabafa: “Rádio potiguar mais pobre”

JOSÉ JORGE, AO LADO DOS EX-PRESIDENTES DO AMÉRICA, BETO E JUSSIER SANTOS. FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Morreu na manhã desta segunda-feira, após sofrer um infarto, o radialista esportivo José Jorge da Páscoa Menezes. Ele passou mal na tarde desse domingo e foi internado no hospital Riogrande. Zé tinha complicações de saúde como Diabetes (perdeu a visão) e problemas cardíacos.

Sempre Polêmico, mas autêntico em sempre admitir a sua condições de torcedor do América, Zé Jorge passou por todos os prefixos da cidade. Atualmente, ele fazia os comentários do América Futebol Clube na 87 FM. Em seu programa diário, o comunicador Aquino Neto lamentou o fato: “O rádio potiguar está mais pobre”.

Declaradamente torcedor do América, “JJ” – como também é chamado – é deficiente visual e se supera todos em dias em nome do que mais gosta de fazer, que é comunicar.

NOTA DE PESAR DO AMÉRICA F.C

É com imenso pesar que lamentamos o falecimento do radialista José Jorge da Páscoa Menezes, ocorrido na manhã desta segunda-feira (23) em razão de um infarto.

Declaradamente torcedor do América e patrono da sala de imprensa localizada no CT De. Abílio Medeiros, José Jorge trabalhou em várias estações de rádio do nordeste e atualmente reportava informações do Alvirrubro na 87FM.

Deficiente visual por complicações de saúde, JJ – como também era conhecido – foi um exemplo de superação e amor ao ofício.

O América Futebol Clube expressa suas condolências à família neste momento de dor.



Comente aqui