Brasil

Moro sai em defesa de Bolsonaro após suspeita de caixa dois

PRESIDENTE É SUSPEITO DE TER USADO, JUNTO COM ATUAL MINISTRO DO TURISMO, DINHEIRO DE CANDIDATAS LARANJA EM SUA CAMPANHA PARA A PRESIDÊNCIA. FOTO: DIVULGAÇÃO

O ministro da Justiça, Sergio Moro , usou seu perfil no Twitter para defender o presidente Jair Bolsonaro na manhã deste domingo (6). A manifestação se deu após o jornal Folha de S. Paulo publicar uma reportagem na qual  levanta suspeitas sobre o uso de caixa dois na campanha de Bolsonaro à presidência.

“PR @jairbolsoanro fez a campanha presidencial mais barata da história”, disse Moro. Ele questionou a veracidade da matéria afirmando que “nem o delegado nem o Ministério Público viram algo contra” o presidente.

A denúncia feita pela Folha afirma que a Polícia Federal encontrou, em investigação sobre candidaturas laranjas do PSL em Minas Gerais, um documento que implica o presidente. Segundo o jornal, um ex-assessor do ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio disse que “parte dos valores depositados para as campanhas femininas, na verdade, foi usada para pagar material de campanha de Marcelo Álvaro Antônio e Jair Bolsonaro ”. Além disso, uma planilha encontrada pela PF corroboraria a versão do assessor.

iG


Deixe um Comentário