Política

Moradores da Candelária recebem com abraços e apertos de mão Robinson Faria e a pré-candidata Laura Helena no “Arraiá 23”

GOVERNADOR ROBINSON FARIA E A ADVOGADA LAURA HELENA MARCAM PRESENÇA NO “ARRAIÁ 23”

Ao contrário do ocorrido em Parelhas, onde foi recebido com vaias, na semana passada, durante uma suposta manifestação de caráter político que teria sido organizada por militantes do PT, o governador Robinson Faria foi, na noite deste sábado, dia 23, abraçado por moradores do bairro da Candelária, onde participou, ao lado da advogada e pré-candidata à Assembleia Legislativa, Laura Helena, do “Arraiá 23”, tradicional evento junino organizado pelo PPS, que anualmente reúne moradores e convidados em torno da comemoração do São João.

Sempre na companhia de Laura Helena, filha do ex-deputado estadual Wober Júnior, presidente regional do PPS, Robinson saiu de mesa em mesa cumprimentando as pessoas, atendeu inúmeras solicitações para fotos e chegou a entrar em algumas residências para conversar com moradores. Aos interlocutores que lhes perguntavam sobre a questão salarial, o governador explicou já havia determinado à equipe econômica do estado que a regularização do pagamento dos servidores é prioridade do governo, é que todos os esforços estão voltados para colocar os salários em dia até o próximo mês de agosto.

Robinson Faria também destacou aos seus interlocutores que a sua presença no “Arraiá 23” foi uma forma de prestigiar a juventude, garra e coragem da pré-candidata Laura Helena, cuja eleição para deputada estadual, segundo ele,  representa uma importante renovação para o poder Legislativo, por ser ela uma “jovem preparada e sintonizada com os anseios da população do Rio Grande do Norte”.

Também comparecera ao evento o secretário de Saúde do RN, Pedro Cavalcante, ex-prefeito de Pureza, Henrique Santana, publicitário Jener Tinoco, agropecuarista Luiz Cláudio Souza Macêdo, conhecido como “Chopp”, médico  e pré-candidato a deputado federal, Geraldo Ferreira, além de lideranças comunitárias (Fotos: Iris/ASCOM).

 


Deixe um Comentário