Brasil

Modelo revela sentir dores por carregar peso do bumbum de 126 cm

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Com 126 centímetros de bumbum, a modelo Vanessa Ataídes revelou sentir diversas dores no corpo por conta da busca pela maior bunda do mundo.

“Hoje, com 35 anos, sinto as consequências que o peso do meu bumbum me trouxeram e sei que vão me trazer ainda mais. Sinto 24 horas do dia muitas dores nas costas. Tem vezes que chego até travar de não levantar da cama, tendo que tomar uma injeção para diminuir a dor e poder levantar”, disse a modelo ao UOL.

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Para chegar as medidas atuais, Vanessa realizou diversos procedimentos cirúrgicos e estéticos, como próteses de silicone e aplicação de PMMA (polimetilmetacrilato), uma espécie de preenchimento.

Ela revelou ter medo de que complicações futuras possam aparecer após o uso do PMMA.

“Não tinha medo, mas de algumas semanas para cá, passei a ter medo sim, de ter complicações, pois tenho visto algumas amigas retirarem o produto. Sei que cada organismo reage de forma diferente, então, eu peço a Deus todos os dias para que me proteja e me dê saúde, mas não nego que se for preciso colocar mais para atingir o meu objetivo eu coloco sim! E quanto ao medo? Tenho uma coisa comigo que digo: se for da vontade de Deus que eu alcance o meu objetivo, eu vou alcançar independente dos meus meios”.

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Apesar das dores, a modelo afirma que esse é o preço que precisa pagar para tentar alcançar o corpo dos sonhos. “Sei que isso tudo é pelo peso que carrego em meu bumbum, mas não me arrependo. Sou feliz assim e mesmo com todas as dores eu ainda quero mais. Quero atingir minha meta é vou conseguir. Já aprendi a viver com as dores. Há anos que não sei o que é passar um dia sem dor. É o preço que eu pago e pago feliz”.

Metrópoles



Comente aqui