Política

Mineiro diz que vai apresentar recurso contra decisão do TSE que tirou o seu mandato

DEPUTADO ESTADUAL, FERNANDO MINEIRO, (PT) RECEBEU 98.070 VOTOS EM SUA CANDIDATURA PARA DEPUTADO FEDERAL

Em resposta a decisão do Tribunal Superior Eleitoral – TSE de validar os 8.990 votos de Kerinho, e que recalcula o quociente eleitoral e retira a eleição de Fernando e Mineiro (PT) para a entrada de Beto Rosado (PP) na formação da bancada federal do RN, o petista divulgou na manhã de hoje (18) uma nota em que diz que irá apresentar recurso contra a decisão.

Mineiro ainda cita que a decisão do TSE foi baseada em uma ¨falha nunca acontecida antes” e que “beneficia diretamente o candidato Beto Rosado”. Leia:

NOTA DE FERNANDO MINEIRO SOBRE DECISÃO DO TSE

O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral, determinou ontem (17/12) a validação dos votos para deputado federal recebidos por Kericles Ribeiro, que teve o registro como candidato impugnado por falta de documentação. A decisão, contrária à posição adotada pelo próprio ministro antes da eleição, baseia-se no argumento de uma falha, nunca acontecida antes, no sistema da Justiça Eleitoral. Ela beneficia diretamente o candidato Beto Rosado, do PP, tomando nossa vaga de deputado federal, conquistada com 98.070 votos, a terceira maior votação no estado. Apresentaremos recurso contra essa decisão, que contraria a jurisprudência firmada sobre o assunto.

Fernando Mineiro



Deixe um Comentário