Cidades

Médico cooperado à Unimed Natal recebe prêmio ao inovar no diagnóstico do ceratocone a partir do celular

FOTO: DIVULGAÇÃO

Entre 1655 projetos inscritos no Prêmio Euro Inovação na Saúde, sendo 105 selecionados pela equipe técnica, o do oftalmologista cooperado da Unimed Natal, dr.Francisco Irochima, ficou entre os 11 melhores segundo votação da classe médica. O Topograph Smartphone System consiste em um dispositivo de baixo custo que, acoplado ao celular, será capaz, assim que chegar ao mercado, de dar o diagnóstico precoce do ceratocone, uma das principais causas de transplantes no Brasil e no mundo, e que pode levar à cegueira. Só com o diagnóstico na fase inicial, o paciente poderá ser submetido ao tratamento que cessa a progressão da doença, evitando a baixa da visão e um futuro transplante de córnea.

Atualmente, os equipamentos convencionais que dão o diagnóstico da doença, além de ter um custo muito elevado, apresentam grandes dimensões, baixa mobilidade e necessidade de interpretação profissional. Sintonizado com a proposta futurista de que a medicina vem ultrapassando os limites das instituições de saúde, o oftalmologista Francisco Irochima desenvolveu em sua empresa um dispositivo de baixíssimo custo que, por meio de uma simples foto de anéis luminosos projetados no olho do paciente, analisará e dará o diagnóstico do ceratocone através de um algoritmo próprio.

O dispositivo ainda será capaz de ser operado por um leigo ou por professores em escolas, com suporte médico à distância. Dotado de geolocalização, ele permitirá identificar onde se encontram os pacientes com a doença e orientará de forma otimizada estratégias de saúde.  Após melhoramentos industriais o sistema será disponibilizado para o público mas já teve sua relevância reconhecida pela comunidade médica e científica com a conquista do Prêmio Euro Inovação na Saúde divulgado na última quinta-feira(24).


Comente aqui