Geral

LULA DISPARA: “Se bater Dallagnol e Moro no liquidificador, o suco não dá 10% da minha honestidade”

“AS MINHAS PALESTRAS NÃO ERAM CLANDESTINAS COMO AS DO DALLAGNOL”, DISSE LULA. FOTO: REPRODUÇÃO/TVE

Em entrevista ao jornalista Bob Fernandes gravada na última quarta-feira (14) e que está sendo veiculada pela TVE da Bahia nesta sexta-feira (16), o ex-presidente Lula voltou a defender sua inocência e criticar o ministro da Justiça, Sérgio Moro, além do coordenador da Lava Jato, procurador Deltan Dallagnol.

Como de costume, Lula ressaltou que Moro, enquanto juiz, mentiu na sentença que o levou à cadeia e reafirmou sua honestidade.

Perguntado por Bob Fernandes sobre o papel do departamento de Justiça dos Estados Unidos no processo que o condenou, visto que os norte-americanos teriam cooperado com a Lava Jato para encontrar supostas contas secretas de Lula no exterior – que não foram encontradas -, o ex-presidente disparou: “Desafio a CIA, o FBI a encontrar qualquer dinheiro meu. Desafio a Nasa, pode até procurar na lua”.

Sobre o ex-juiz e o procurador da Lava Jato, Lula usou sua habitual analogia popular: “Se bater Dallagnol e Moro no liquidificador, o suco não dá 10% da minha honestidade”.

“Desde o dia que ele [Dallagnol] deu uma coletiva dizendo que não tinha provas contra mim, mas apenas convicções, o Conselho Nacional do Ministério Público tinha que ter tirado esse moleque”, afirmou o petista, que ainda acrescentou: “As minhas palestras não eram clandestinas como as do Dallagnol”.

Assista:

Com informações: Revista Fórum


Deixe um Comentário