Famosos

Luciano Huck começa a apagar as fotos ao lado de Ricardo Eletro

FOTO: REPRODUÇÃO

Dono da Ricardo Eletro foi preso hoje por sonegar pelo menos R$ 400 milhões. Diversos vídeos e declarações elogiosas de Luciano Huck para o empresário foram resgatadas após a prisão. O apresentador global costuma apagar rapidamente as fotos ao lado de amigos que se deram mal

Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro, foi preso na manhã desta quarta-feira, 8, em operação de combate à sonegação fiscal e lavagem de dinheiro em Minas Gerais. A prisão do empresário ocorreu em São Paulo.

A operação recebeu o nome de “Direto com o Dono”. De acordo com as investigações, aproximadamente R$ 400 milhões em impostos foram sonegados ao longo de mais de cinco anos.

Também foi presa na operação a filha de Ricardo, Laura Nunes. Há ainda um mandado de prisão em aberto para Rodrigo Nunes, irmão de Ricardo, e para o diretor superintendente da Ricardo Eletro, Pedro Daniel Magalhães, em Santo André (SP). Até às 8h, eles permaneciam foragidos.

De acordo com o Ministério Público de Minas Gerais, a rede de varejo cobrava dos consumidores, embutido no preço dos produtos, o valor correspondente aos impostos, mas não fazia o repasse.

O órgão informou ainda que a empresa se encontra em situação de recuperação extrajudicial, sem condições de arcar com dívidas. “O investigado se apropriou indevidamente do tributo. Em contrapartida, seu patrimônio só crescendo”, disse o delegado Vitor Abdala.

Luciano Huck

O nome de Luciano Huck, que é amigo íntimo de Ricardo, foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter após a prisão do empresário. Durante anos, o apresentador do “Caldeirão” foi garoto-propaganda da marca.

Em 2013, Huck recebeu Ricardo em seu programa para vender o empresário como “simples” e maravilhoso, um “self made man” que começou comercializando mexerica.

Pragmatismo Político



Comente aqui