Economia

Lojistas de Natal investem em liquidações para zerar os estoques de fim de ano

FOTO: AGORA RN

Os lojistas de Natal investem nesta primeira semana do ano em liquidações agressivas.  Como forma de desaguar os estoques formados para vendas de fim de ano, as grandes redes de eletrodomésticos e lojas em shoppings locais anunciaram promoções que podem chegar até  80%.

Por causa da liquidação, uma grande fila se formou já nas primeiras horas do dia no Partage Norte Shopping, principal centro de compras da zona Norte da capital. A loja localizada no shopping estava entre as diversas do País que aderiram às promoções. O açougueiro Félix Barbosa, de 29 anos, aproveitou as ofertas para renovar a casa.

“Já comprei uma TV, uma máquina de lavar e uma geladeira. E ainda vou levar armário, sofá e mesa”, descreve. Félix disse ter encontrado preços acessíveis e contou que costuma aguardar essa época do ano para realizar compras. “Sempre espero janeiro, porque os preços estão  baixos. Vi na televisão que ia ter a promoção e vim para cá. Estou muito satisfeito com os valores dos produtos”, relatou.

O empresário Josenberg Ferreira, de 40 anos, também aproveitou a queima de estoque para fazer compras. “Achei os preços muito interessantes. Comprei uma televisão e ganhei um desconto de R$ 250”, afirmou Josenberg que disse ter enfrentado certa demora para conseguir efetuar a compra. “Fiquei mais de uma hora na loja, porque o movimento está muito intenso, com muitas filas no caixa. Mas valeu a pena”, declarou, sem reclamar.

Para a gerente da loja Magazine Luiza no Partage Norte Shopping, Adriana Nobre, as expectativas em torno da liquidação eram altas.  “Esse é o primeiro saldão depois do auge da pandemia, então, nós estamos na melhor das expectativas. Em dia como esse, a gente espera vender o equivalente a 30% de tudo que conseguimos vender em um mês, normalmente”, detalha.

Já para Romário Nobre, gerente da loja Tim, também situada no shopping da zona Norte, as boas estimativas vêm embaladas por outro cenário: a chegada do 5G ao Estado, anunciada mês passado pelo Ministério das Comunicações.

“As promoções na loja começaram desde o dia primeiro de janeiro, com descontos em aparelhos a partir das ofertas da operadora. Isso é bom,  principalmente para os consumidores, porque temos a ideia de chegada do 5G”, explica ele. As ofertas incluem descontos que variam de 50% a 80% em aparelhos, além de promoções relacionadas aos pacotes da operadora.

“Diante de tudo isso, nós temos boas expectativas para este ano. Já estamos começando com o pé direito”, comenta Romário, otimista. A coordenadora de Marketing do Partage Norte shopping, Elisangela Costa, compartilha de igual cenário de otimismo, uma oportunidade que, segundo ela, é boa tanto para os lojistas quanto para os consumidores.

“A gente aproveita esse fluxo sazonal, que é o período de férias onde as pessoas estão vindo para o shopping a passeio e terminam fazendo compras por impulso. A maioria das lojas está oferecendo descontos que chegam a 80% e a expectativa é conseguir zerar os estoques. Nossa estimativa agora é de retomada, com resultados semelhantes ao período pré-pandemia”, avalia Elisangela.

O  presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal), José Lucena, destaca que esse é o momento de as lojas fazerem bons negócios, ocasião que é oportuna também para os clientes. “As promoções fazem parte do calendário de compras e datas promocionais que movimentam e aquecem o comércio. Agora em janeiro já é tradição que alguns lojistas realizem saldões, então, cabe ao consumidor aproveitar as ofertas”, afirma Lucena.

 “E à loja, cabe ter preços e produtos que sejam objeto de desejo para os clientes”, declara em seguida. O momento, segundo ele, é de renovação para o comércio. “É a hora de aproveitar para  mudar os itens dos mostruários e renovar a coleção. Dá para vender o estoque e também atrair o consumidor para conferir as novidades da loja,  que vai em busca de promoção, mas sempre dá uma conferida no que há de novo”, sublinha o presidente da CDL Natal.

Tribuna do Norte


Comente aqui