Economia

Lobo-guará empaca e só 12,7% das cédulas de R$ 200 previstas entram em circulação no Brasil

NOTA FOI LANÇADA EM AGOSTO SOB JUSTIFICATIVA DE AUMENTO DA PROCURA POR DINHEIRO POR CAUSA DO AUXÍLIO EMERGENCIAL. FOTO: ILUSTRAÇÃO

Com demanda abaixo do esperado, o BC (Banco Central) colocou em circulação 12,7% do total de cédulas de R$ 200 programadas para 2020. A autarquia adquiriu 57,3 milhões de unidades até segunda-feira (12).

O montante equivale a R$ 11,4 bilhões. No lançamento da cédula, em agosto, o BC havia anunciado a fabricação de 450 milhões de notas estampadas com o lobo-guará (R$ 90 bilhões) no ano passado.

Na ocasião, a autarquia dissera que gastaria R$ 113,8 milhões a mais do que o previsto no orçamento anual para a produção de novas cédulas. Seriam ainda impressas 170 milhões de cédulas de R$ 100.

“Talvez a medida tenha sido acertada, mas houve erro no cálculo. Na pandemia, embora tenha crescido a demanda por papel-moeda, aumentou muito o uso de aplicativos e de transações digitais”, diz Mauro Rochlin, economista da FGV.

Folha de S. Paulo


Comente aqui