TV

Jornal Nacional cita Constituição e questiona se Bolsonaro cumpriu dever

FOTO: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O Jornal Nacional desse sábado (8) fez um duro editorial em razão dos 100 mil mortos por coronavírus. O telejornal da TV Globo citou a Constituição e cobrou que o presidente Jair Bolsonaro seja responsabilizado.

O texto começa afirmando que os governos têm “obrigação de proporcionar aos cidadãos” o direto à Saúde. “As ações dos governantes precisam ter como objetivo diminuir o risco de a população ficar doente. E não somos nós que estamos dizendo isso. É a Constituição brasileira, que todas as autoridades juraram respeitar”, disse o apresentador William Bonner.

“Está registrado no artigo 196: a Saúde é direito de todos e dever do Estado garantido mediante políticas sociais e econômicas, que visem a redução do risco de doença e de outros agravos, e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a sua promoção, proteção e recuperação”, completou.

“Mas o Brasil está há 12 semanas sem um ministro da Saúde titular. São 85 dias, desde o dia 15 de maio. Dois médicos de formação deixaram o cargo de ministro da Saúde porque pretendia seguir as orientações da ciência e o presidente Bolsonaro não concordou com essa postura deles”, afirmou Renata Vasconcellos.

Os apresentadores destacaram que o presidente minimizou a pandemia e atuou contra medidas e orientações de autoridades de saúde que poderiam ter ajuda a salvar vidas e reduzir o número de vítimas.

“Fica a pergunta: O presidente cumpriu esse dever? Quais governadores cumpriram?”, cobrou Vasconcellos.

Forum



Comente aqui