Polícia

Itep fará exame de DNA para confirmar se corpo encontrado em Tibau do Sul é de Andreza Alves

CORPO FOI ENCONTRADO EM UMA ÁREA DE MATA NESTE DOMINGO 29. ANDREZA DESAPARECEU NO DIA 21 QUANDO RETORNAVA DO TRABALHO. FOTO: DIVULGAÇÃO/REDES SOCIAIS

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) fará exames de DNA para confirmar se o corpo encontrado neste domingo 29 em Tibau do Sul, no litoral potiguar, é da adolescente de 16 anos Andreza Alves, que desapareceu no dia 21 de novembro.

O Itep informou ao Agora RN, através da assessoria de comunicação, que ainda não há previsão para os resultados. O corpo foi encontrado em uma área de mata entre o distrito Bela Vista e o Rio Catu, e estava em avançado estado de decomposição. No local, foram achados pertences da adolescente.

Andreza tem uma filha de 1 ano e 7 meses, trabalhava em uma lavanderia em Pipa e residia no distrito de Cabeceiras, em Tibau do Sul. Carla Marinho, irmã da adolescente, contou que Andreza saiu do trabalho às 17h no último dia 21, pegou um micro-ônibus e foi até Cabeceiras, distrito onde mora. Lá, passou na casa de uma colega para buscar um documento. Em seguida, por volta das 18h, saiu caminhando em direção à própria casa, mas desapareceu no percurso. As investigações estão sendo feitas pela Polícia Civil de Tibau do Sul, comandadas pelo delegado Everaldo Fonseca. Ele informou ao Agora RN, através da assessoria de comunicação da corporação, que já foram realizadas diligências na cidade e que as pessoas que tiveram contato com Andreza no dia do desaparecimento também foram ouvidas, além do namorado.

Agora RN


Comente aqui