Cidades

Ipem-RN realiza mutirão de verificação de taxímetros em Mossoró

FOTO: DIVULGAÇÃO

Mossoró e região contam com aproximadamente 400 táxis e os motoristas devem ficar atentos ao mutirão de verificação de taxímetros que será realizado pelo Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte – IPEM/RN, de 13 a 17 de setembro, das 8h às 12h, na sede da regional do órgão.

Os taxistas devem realizar o agendamento para a verificação do instrumento por meio do whatsapp (84) 99808-7491 ou por telefone (84) 3312-7292, até a próxima sexta-feira. Para realizar o agendamento é necessário que o taxista esteja com a GRU referente ao exercício de 2021 paga.

“A realização dessa força-tarefa em Mossoró será muito importante para atualizarmos o cronograma que atrasou devido a interrupção dos serviços causada pela pandemia de Covid-19. Em Natal e Região Metropolitana também realizamos esse mutirão, no decorrer do mês passado, e conseguimos verificar mais de 600 taxímetros. É importante salientar que o taxista que não estiver em dia com a fiscalização, que é anual, está sujeito a multa por determinação do Inmetro, do qual somos órgão delegado, e que regulamenta o funcionamento dos taxímetros”, alerta o diretor-geral do IPEM/RN, Theodorico Bezerra Netto.

Importante reforçar que os taxistas devem seguir as recomendações de prevenção a Covid-19 como: o uso obrigatório de máscaras, realização da higienização interna dos táxis, manter o distanciamento de 2 metros entre as pessoas, evitar o contato físico,  comparecer apenas o condutor do carro para evitar aglomeração e, sobretudo, manter o isolamento social no caso de estar infectado pela Covid-19.

A verificação periódica dos taxímetros tem como finalidade conferir se o preço registrado pelo equipamento corresponde, com base na distância e no tempo gasto, ao trajeto percorrido pelo carro. Se o instrumento for aprovado o motorista receberá o certificado atualizado, o lacre e o selo de verificação do Inmetro. Caso o instrumento seja reprovado, o reparo do taxímetro deverá ser feito por uma oficina credenciada pelo IPEM/RN.

Fique atento

Para identificar se o taxímetro está regularizado e foi verificado pelo IPEM/RN, o consumidor deve observar a presença do lacre, que impede o acesso à regulagem do aparelho, e do Selo do Inmetro com a informação “verificado até 2022”. Caso o lacre esteja rompido, o consumidor não deve aceitar a corrida, pois o aparelho pode apresentar medição incorreta. Em alguns casos poderão ser encontrados taxímetros com a etiqueta “verificado até 2021”, pois, a validade da verificação do instrumento pode ainda estar vigente de acordo com o cronograma de vistorias.


Comente aqui