Política

INTERVENÇÃO: Carlos Eduardo poderá perder comando do PDT para o senador Jean Paul Prates, diz jornalista

DEPOIS DE TER UMA PARTICIPAÇÃO APÁTICA NA ÚLTIMA CAMPANHA MUNICIPAL, CARLOS EDUARDO …… FOTO: ARQUIVO
….. PODERÁ PERDER O COMANDO DO PDT PARA JEAN PAUL PRATES ATRAVÉS DE INTERVENÇÃO PARTIDA . FOTO: AGÊNCIA SENADO

Em sua página no Facebook,  o jornalista Joaquim Pinheiro, repórter político que atuou por muitos anos no vespertino O Jornal de Hoje, aposta todas as fichas que o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves irá perder o comando do PDT para o senador petista Jean Paul Prates. O BLOG DO FM publica abaixo a análise do jornalista na íntegra:

“O senador Jean Paul Prates deverá assumir o comando do PDT no Rio Grande em substituição ao ex-prefeito Carlos Eduardo Alves. Consta nos meios políticos que integrantes do Diretório Nacional do partido não estão satisfeitos com a atuação de Carlos Eduardo à frente da legenda no Estado, onde o PDT só elegeu um prefeito ( o de José da Penha). Mas existem outros argumentos que depõem contra o ex-prefeito de Natal. Por exemplo: falta de compromisso no trabalho de fortalecimento da legenda no Estado, além de Carlos Eduardo ter votado em Bolsonaro, contrariando orientação da cúpula partidária. Outro fato que motiva a tomada do PDT de Carlos Eduardo Alves: ele não ter se empenhado na eleição municipal, ajudando a prefeitos e vereadores do seu partido. Simplesmente ignorou o pleito deste ano.

Na capital o PDT elegeu cinco vereadores, mas o feito é atribuído ao empenho e articulação do vereador Paulinho Freire, que é do PDT, e ao esforço pessoal de cada um dos eleitos. Foram eles: Paulinho Freire, Aldo Clemente, Nina Souza, Robson Carvalho e Felipe Alves.

Carlos Eduardo também é criticado pela falta de empenho na eleição de Álvaro Dias para prefeito de Natal, mesmo tendo indicado a vice-prefeita, Aila Cortez. Segundo uma fonte, integrantes do Diretório Nacional decretarão uma intervenção no PDT do Rio Grande do Norte e nomearão uma Comissão Provisória para posteriormente eleger o presidente que deverá ser o senador Jean Paul Prates.

O futuro do ex-prefeito de Natal, de acordo com especialistas, é incerto e duvidoso, principalmente pela falta de espaço que ele próprio construiu.

Entendem os estudiosos da política do Estado que Carlos Alves não terá vez no sistema governista, liderado por Fátima Bezerra, nem tampouco na oposição ao atual governo, onde existem nomes fortes e entendimentos encaminhados e consolidados para efetivação de uma aliança forte  com vistas às eleições de 2022.

Realmente, o futuro político do ex-prefeito de Natal está ameaçado”. (Joaquim Pinheiro, jornalista).

OPINIÃO DO BLOG: Apesar da análise do jornalista Joaquim Pinheiro, em alguns círculos políticos tem se falado com frequência sobre a possibilidade de haver uma construção de uma aliança entre Carlos Eduardo e a  governadora Fátima Bezerra, reeditando afinidades do passado.

A suposta ida do senador Jean Paul Prates para o comando do PDT, mesmo que ainda em fase especulativa,  pode ser a “ponta do iceberg”.


2 Comentários

  • Um político da magnitude do Advogado Carlos Eduardo Alves, prefeito de Natal por três mandatos, vir a ser ameaçado devoerder à presidência do partido para um camarada SEM QUALQUER EXPRESSÃO POLÍTICA como esse senador paraquedas, não tem qq fundamento. Se isso ocorrer desde já está convidado para vir pro ALIANÇA BRASIL e concorrer ao governo estadual sob a égide BRASIL ACIMA DE TUDO DEUS ACIMA DE TODOS.

Comente aqui