Política

Indignado com morte de PM, deputado Coronel Azevedo questiona: “O Governo é a favor da polícia ou prefere quem elimina os bravos guerreiros?”

“EXIJO AÇÃO DO GOVERNO QUE DEMONSTRA NÃO GOSTAR DE POLÍCIA”, AFIRMOU AZEVEDO.. FOTO: JOÃO GILBERTO

NOTA DE INDIGNAÇÃO

O massacre de policiais militares no Rio Grande do Norte ultrapassou os limites da tolerância e do humanismo.

Nem mesmo aqueles que dedicaram a vida à nossa gloriosa corporação e passaram à reserva, estão escapando desta caçada macabra e insensível ao Governo do Estado. Que mantém sobre esse drama o silêncio dos coniventes.

A vítima agora foi o subtenente Adonilson Oliveira. Desarmado e morto covardemente! Não quis pagar “pedágio” à facção criminosa. Tinha honra. O subtenente Oliveira tombou heroicamente prestando serviço no Instituto dos Cegos. Covardemente trucidado por criminosos incuráveis.

Minha palavra é de revolta! De indignação! Estamos sepultando homens de bem, esteios na defesa da sociedade!

O Governo é a favor da polícia ou prefere quem elimina os bravos guerreiros?

Respondam!

Meu mandato não vai descansar até ver expurgada uma inversão de valores que sangra. E atinge a sociedade por inteiro. Uma temporada de caça de longos dias e impune.

Sou solidário à família do Subtenente Oliveira.

Exijo ação do Governo que demonstra não gostar de polícia.

Coronel Azevedo

Deputado Estadual


Deixe um Comentário