Turismo

Hotelaria potiguar começa a lentamente se recuperar, mas ainda registra menos de 50% de ocupação

FOTO: REPRODUÇÃO/SITE PRAIAS DE NATAL

Com o avanço da vacinação no estado do Rio Grande do Norte e em todo o país, o turismo consegue visualizar uma pequena melhora econômica e uma prospecção positiva para o segundo semestre de 2021. Dessa forma, no mês de junho, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN) constatou uma ocupação hoteleira de 43% na capital Natal, e de 41% em Pipa/Tibau do Sul. Além de uma perspectiva de média de 51% para julho.

Se comparados com o mesmo período do ano anterior, o aumento foi de mais de 95%, quando a grande maioria dos estabelecimentos hoteleiros se encontravam fechados nesse período por causa da pandemia do coronavírus e só começaram a reabrir gradualmente apenas em outubro.

Esse é um número positivo na situação atual se comparado com o grande rombo que a pandemia deixou nos estabelecimentos turísticos no último ano, porém, ainda é uma porcentagem consideravelmente pequena para essa temporada, e a maior parte dos empresários preocupam-se que não é suficiente para sustentar os estabelecimentos e a folha de empregados. Além disso, diversos especialistas estipulam que o turismo só volte as condições da época pré-pandemia em meados de 2023.


Comente aqui