Polícia

Homem que inventou sequestro para trair a mulher é indiciado pela polícia

Era falsa a denúncia de sequestro registrada pelo vendedor Valdenir Freitas de Araújo, 39 anos, na 24ª Delegacia de Polícia (Ceilândia), neste sábado (11/6). O homem disse ter sido abordado, rendido e levado por três desconhecidos. Contudo, segundo o delegado Ricardo Viana, a história não passou de invenção dele, que esteve “sumido” durante parte do fim de semana na companhia de uma mulher e de alguns amigos.

Valdenir foi à polícia alegando ter passado a noite de sexta-feira (10/6) em poder de um trio de criminosos. Na história contada por ele à corporação, os bandidos o abordaram em um cruzamento próximo a um posto de gasolina do Setor Industrial de Taguatinga. Teria sido liberado às 10h, horário em que voltou para casa onde mora com a mulher.

Desde o momento da denúncia, foram feitas investigações e buscas nos locais mencionados pelo vendedor. Contudo, nesta segunda-feira (13/6), Valdenir confessou ao titular da 24ª DP que passou a noite em Ceilândia, na companhia de uma mulher chamada Sol e de amigos. A polícia informou que a suposta vítima inventou a história para evitar o fim do casamento. Por causa da história mentirosa, ele foi indiciado por falsa comunicação de crime.

Correio Braziliense


Deixe um Comentário