Segurança

Guarda Municipal flagra invasão e bebedeira em área de preservação do Parque da Cidade

FOTO: DIVULGAÇÃO

O patrulhamento preventivo do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) flagrou, na noite do sábado (29), sete pessoas que invadiram a Zona de Proteção Ambiental 01, onde se localiza o Parque da Cidade. Os três adultos e quatro menores estavam na área de dunas fazendo uso de bebida alcoólica e fumando, quando foram flagrados pelos guardas municipais.

A guarnição realizou a abordagem padrão, não dando tempo para que os suspeitos pudessem escapar da ação. Todos passaram por revista pessoal com o objetivo de averiguar se os mesmos estavam com algum tipo de entorpecente ilegal ou arma de fogo. Como nada foi encontrado, os guardas passaram a informação da proibição de entrar na área de proteção ambiental, e, principalmente fazer uso de bebida alcoólica deixando lixo urbano na Zona de Proteção. “Na ação, não encontramos somente a situação de invasão em área de proteção, mas também o consumo de bebida alcoólica por menores de idade, o que também é proibido por lei”, comentou o coordenador do Gaam/GMN, Isaac Cruz.

O local onde as pessoas foram flagradas fica próximo da área edificada do Parque da Cidade do Natal, onde a GMN conta com guardas patrulhando 24h no sentido de combater invasão, roubo, furto e agressões ao meio ambiente. “Além dos guardas lotados no Grupamento de Ação Ambiental, estamos com guarnições da Ronda de Proteção Ambiental (Ropam) somente para atuar na segurança do Parque da Cidade e das pessoas que frequentam o local”, lembrou a titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Mônica Santos.

Além de fazer a segurança preventiva de todos os cidadãos que frequentam o Parque da Cidade do Natal, na intenção de evitar roubos, furtos e outros delitos, os guardas municipais ainda realizam um trabalho de orientação aos visitantes e frequentadores do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte sobre a utilização correta dos trechos de ciclovia e de caminhada de pedestres. A medida busca levar segurança às pessoas que realizam atividades físicas nas trilhas pavimentadas existentes ao longo da área de preservação ambiental.


Comente aqui