Segurança

Guarda Municipal evita roubo de loja no Alecrim e prende suspeito do crime

FOTO: DIVULGAÇÃO

A Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN) prendeu na noite dessa quinta-feira (16), um homem suspeito de arrombar e roubar objetos de uma loja de produtos eletrônicos situada na Avenida Presidente José Bento, no bairro do Alecrim, zona Leste da capital. O suspeito chegou empreender fuga do local do crime, mas foi alcançado pelo patrulhamento da GMN pouco após a prática do delito.

Os guardas municipais informaram que estavam realizando patrulhamento preventivo na área comercial do Alecrim quando se depararam com o arrombamento. De imediato a guarnição agiu evitando que o material da loja fosse levado pelos bandidos que empreenderam fuga. No primeiro momento, os agentes juntaram todo o material que iria ser roubado e entraram em contato com a vítima informando a situação e orientando para a devolução dos equipamentos.Em seguida, os guardas iniciaram diligências na região em busca dos suspeitos do crime que fugiram a pé.

Logo após, os agentes conseguiram identificar um deles que foi perseguido e capturado pelos guardas. Na ocasião, o detido confessou o delito e passou informações do comparsa que atuou no crime e que conseguiu fugir. No material que os guardas municipais conseguiram recuperar estavam diversos equipamentos eletrônicos a exemplo de microfones, tablets, componentes eletrônicos, fios de instalação, mochila e outros.

A titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Mônica Santos, lembrou que essa a ação corresponde ao trabalho mais intenso de patrulhamento empregado pela Guarda Municipal no bairro do Alecrim. “O prefeito Álvaro Dias teve a coragem de investir em segurança pública e, principalmente, olhar para a área comercial do Alecrim que recebe esse reforço refletido em ações de prevenção como essa, que é responsável por aborta arrombamentos e roubos a lojas”, comentou.

O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil onde foi registrada a prisão em flagrante delito ficando o mesmo à disposição da justiça.



Comente aqui