Turismo

Grupo Arnaldo Gaspar desiste de arrematar Tambaú Hotel duas horas após a compra e não revela o motivo

FOTO: ILUSTRAÇÃO

Segundo o portal paraibano Turismo em Foco, do jornalista Fábio Cardoso, especializado em turismo, na mesma velocidade em que arrematou o Tambaú Hotel – pouco mais de duas horas -, localizado na orla de João Pessoa, em leilão ocorrido de forma online e presencial, no Rio de Janeiro, o Grupo Arnaldo Gaspar encaminhou um documento ao leiloeiro De Paula Leilões informando sobre a desistência da compra. O mesmo documento foi encaminhado ao Juízo de Direito da 4º Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro.

No documento, assinado pelo presidente do Grupo, Arnaldo Gaspar Neto, ele pede o “cancelamento de proposta de arrematação com pagamento parcelado”, sem informar o motivo da desistência.

Conforme a reportagem apurou, essa medida não é passível de qualquer ônus para o grupo, porque os demais lances – foram feitos outros dois – também foram cancelados dentro dos prazos legais. Então, os cancelamentos não têm nenhum tipo de punição. O juiz deve analisar o caso e marcar uma nota data para que o leilão ocorra.

O Turismo em Foco teve uma informação, não confirmada, de que um senador estaria intermediando a compra do Tambaú Hotel e, assim que a compra foi confirmada, teria se arrependido. A reportagem está tentando contato com dirigentes do Grupo Gaspar, mas nenhum deles se manifestou ainda.


Comente aqui