Geral

Greve dos caminhoneiros: voos são cancelados no Aeroporto de Brasília por falta de combustível

POR VOLTA DAS 11H DESTA SEXTA-FEIRA (25/5), NOVE AERONAVES QUE PARTIRIAM OU VIRIAM PARA O DF NÃO DECOLARAM OU POUSARAM NA CAPITAL. (FOTO: HUGO BARRETO/METRÓPOLIS)

 

De acordo com informações da Inframérica, empresa que administra alguns aeroportos no Brasil, as reservas de querosene de qviação (QAV) do Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek acabaram na manhã desta sexta-feira (25). Aviões que pousarem e que necessitarem de abastecimento ficarão em solo até o fornecimento de combustível no terminal ser normalizado.

Por volta das 11h, o diretor de Operações da concessionária, Juan Djedjeian, disse que  cincovoos foram cancelados, partindo de Brasília, e outros quatro que pousariam na capital.

“Já estamos há três dias com contingenciamento de combustível e infelizmente não chega abastecimento ao Aeroporto. Hoje, pela manhã, ficamos sem combustível mesmo e as medidas agora são um pouco mais críticas. A única solução para resolver o problema é a liberação das vias para que o combustível chegue ao aeroporto”.

Por conta do racionamento do QAV, a companhia aérea American Airlines cancelou, de forma preventiva, o voo que vinha de Miami e que pousaria no Aeroporto de Brasília às 7h35.  Automaticamente, o voo que partiria da capital às 21h55 desta sexta (25) também está cancelado.

A Inframerica orienta os passageiros a antes de seguirem para o local buscar informações com a companhia aérea. As equipes de atendimento da concessionária foram reforçadas para atender aos usuários.

Apesar do agravamento da situação, ainda não há previsão de regularização do estoque de combustível.  A concessionária continua aguardando a liberação dos caminhões retidos no Entorno.

Metópolis



Deixe um Comentário