Saúde

Governo entrega reforma do Hospital Regional de Pau dos Ferros

FORAM INVESTIDOS CERCA DE R$ 10 MILHÕES, COM RECURSOS DO GOVERNO CIDADÃO POR MEIO DO BANCO MUNDIAL. (FOTO: DEMIS ROUSSOS)

O Governo do Estado realizou, na manhã desta segunda-feira, 17, a entrega da reforma da Ala de Urgência e Emergência do Hospital Dr. Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros, incluída no projeto de estruturação da Rede de Urgência e Emergência do RN.

Cerca de R$ 10 milhões, com recursos do Governo Cidadão por meio do Banco Mundial, foram investidos na reforma, ampliação, aquisição de equipamentos e construção do banco de leite humano do Hospital Regional de Pau dos Ferros.

Através da reestruturação, a quantidade de leitos aumentou em 100% sua capacidade, de 7 para 14 unidades. Contemplou também uma sala vermelha, para atendimentos de urgência, com acesso direto da ambulância e equipe especializada, sala de medicamentos e sala de observação, além do banco de leite humano.

O governador Robinson Faria destacou: “Hoje estou entregando uma obra esperada há muito tempo pela população que traz mais qualidade de vida e desenvolvimento para a região. Quem mora na região agora não precisa mais sair daqui para buscar atendimento de emergência”.

Presente à ocasião, o deputado Galeno Torquato destacou a importância do Hospital para a região ao lembrar e agradecer todas melhorias realizadas como a climatização das enfermarias, ampliação do setor de pré-parto, instalação de salas  de cirurgias eletivas ortopédicas e em otorrinolaringologia e a UTI com serviço de hemodiálise em pleno funcionamento. “Preocupar-se com a região onde a saúde não chegava de forma suficiente é sim sinônimo de boa gestão. Robinson fez o que nenhum outro gestor fez”, afirmou.

A diretora do Hospital Regional, Márcia Yolanda, pontuou: “Esta é uma obra histórica pela magnitude, pelo investimento e qualidade das instalações e equipamentos novos que serão instalados aqui a curto prazo. Estamos orgulhosos de estarmos na inauguração de um setor de tamanha importância, ou seja, a porta de entrada do único hospital de urgência e emergência da região mais distante da capital, o alto oeste”, enfatizou.

A gestora também comentou dos avanços que a unidade hospitalar alcançou na atual gestão. “Passamos a realizar uma média de oito mil atendimentos por mês, o que antes era três mil”, exemplificou. O hospital se localiza na 6ª região de saúde, atende a 37 municípios do Alto Oeste potiguar e tem em média uma ocupação de 70% de seus leitos.

FORAM INVESTIDOS CERCA DE R$ 10 MILHÕES, COM RECURSOS DO GOVERNO CIDADÃO POR MEIO DO BANCO MUNDIAL. (FOTO: DEMIS ROUSSOS)



Deixe um Comentário