Cidades

Governo do Estado apresenta projeto cultural do Complexo da Rampa

FOTO: REPRODUÇÃO

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria Estadual de Turismo (Setur), apresentou nesta sexta-feira (14), o projeto de funcionamento do Complexo Cultural da Rampa, no bairro de Santos Reis, em Natal. Composto pelo Memorial do Aviador e Museu da Rampa, o equipamento vai contar com exposições históricas, espaços interativos e deverá se tornar um dos mais importantes equipamentos culturais do estado.

As obras do Complexo Cultural da Rampa, realizadas através da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SIN), estão 95% executadas. Após a conclusão, prevista para o final deste mês, o complexo será administrado pela Secretaria Estadual de Turismo (Setur), que terá responsabilidade também sobre o acervo.

O complexo será composto por sete núcleos e vai destacar a cultura e personagens importantes da cultura potiguar, além de integrar a paisagem de um dos cenários mais belos do Rio Grande do Norte — o rio Potengi.

Com uma área construída de 2.800 metros, o espaço contará com salas para exposições, bar, café, loja de lembranças e souvenires, mirante, píeres e deck. Para a governadora Fátima Bezerra, entregar o complexo restaurado foi um dos principais compromissos da gestão com a cultura do Rio Grande do Norte. “Acompanhar a apresentação deste projeto, hoje, nos dá a verdadeira dimensão da importância e a falta que este equipamento faz para o povo potiguar. Este espaço é essencial para o fomento da educação e cultura do estado.”

MEMÓRIA

As obras começaram em 2013 e, no ano seguinte, ocorreu a primeira de duas paralisações que, juntas, somaram três anos. Em 2017, os trabalhos foram retomados e a obra chegou a ser inaugurada em 2018, pela gestão estadual anterior, com apenas 50,1% dos serviços concluídos.

Na atual gestão, foi realizada uma força tarefa envolvendo secretarias estaduais e a Superintendência do Patrimônio da União  (SPU) para pôr fim aos entraves e dar sequência ao projeto. Todas as parcelas relativas ao reajustamento foram pagas e programadas, garantindo a conclusão do Complexo Cultural da Rampa este ano.

Participaram da reunião híbrida, nesta sexta-feira, 14: Gustavo Wanderley – Responsável pelo Projeto Cultural do Complexo Rampa; Antenor Roberto – vice-governador;  Janne Maria Araújo, sub-procuradora-geral Consultiva da PGE; Luciana Daltro, assessora do Gabinete Civil do Governo do Estado; Gustavo Coelho, titular da Secretaria de Infraestrutura (SIN); Ana Maria da Costa, secretária de Turismo (Setur); e Ana Catarina de Farias Cabral, chefe da assessoria jurídica da Setur; Crispiniano Neto, presidente da Fundação José Augusto (FJA); além de Márcio Caires Vasconcelos, diretor-presidente da Cosern; Renata Chagas, diretora do Instituto Neoenergia; Karine Severo T. Gadelha Lima, gerente de Comunicação Externa, Relações Institucionais e Governamentais da Cosern; e Márcio Bruno Falcão, analista de Relações Institucionais e Governamentais da Cosern.


Comente aqui