Economia

Governadora Fátima anuncia pagamento de 40% do 13º salário de 2020 no dia 10 de outubro

FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, anunciou nesta quarta-feira 30 que o Governo do Estado pagará no dia 10 de outubro (sábado da próxima semana) uma antecipação do 13º salário de 2020 para todos os servidores públicos.

Em uma transmissão ao vivo nas redes sociais, a governadora afirmou que, nesta data, todos os funcionários públicos estaduais, incluindo os da ativa e os aposentados e pensionistas, receberão 40% do 13º salário de 2020. Os 60% restantes, disse a governadora, serão pagos até dezembro.

“Desde que assumi, disse que uma das prioridades do nosso governo era garantir aos servidores (…) um calendário de pagamento. Era insustentável aquela situação que os servidores públicos viviam há (sic) mais de três anos. Não tinham previsão de quando iam receber o salário. Ao assumirmos em janeiro, herdamos quatro folhas em atraso. Essa página foi virada. Desde que assumimos, temos trabalhado incansavelmente para pagar religiosamente os salários dentro do mês trabalhado, assegurando inclusive o 13º, como estou fazendo agora”, enfatizou a governadora.

Segundo Fátima, o anúncio do pagamento do 13º salário representa “gestão”. “Isso traduz o compromisso e o respeito que nosso governo tem honrado junto aos servidores públicos do Estado, mesmo em um ano tão atípico, mesmo em meio a tantas dificuldades”, frisou.

Folhas atrasadas

A governadora do Rio Grande do Norte disse também que as duas folhas salariais que seguem atrasadas – herdadas do governo Robinson Faria – deverão ser pagas até o início de 2021. O Governo do Estado ainda deve o salário de dezembro e o 13º salário de 2018.

Quando assumiu, em janeiro de 2019, a gestão de Fátima Bezerra herdou também parte do salário de novembro e do 13º salário de 2017. Essas duas últimas folhas já foram quitadas.

O governo tem afirmado que só pagaria os atrasados com a obtenção de receitas extraordinárias. Nesta quarta, a governadora não disse de onde espera conseguir os recursos para pagar as duas folhas remanescentes.

“Já determinei à equipe econômica toda a prioridade de me trazer uma proposta de pagamento das duas folhas deixadas pela última gestão. Se Deus quiser, vamos começar o pagamento dessas duas folhas já no início do próximo ano”, afirmou.

Com informações do Agora RN


Comente aqui