ELEIÇÕES 2020

Gastos em campanha de candidatos à Prefeitura de Natal variam entre R$ 4 mil e R$ 2,4 milhões

FOTO: ILUSTRAÇÃO

A Justiça Eleitoral tem atualizado os dados referentes às contas das campanhas eleitorais em todo o país e, em Natal, o cenário aponta discrepância entre os gastos dos postulantes à Prefeitura. Juntos, os candidatos Álvaro Dias (PSDB) e Jean Paul Prates (PT) somaram pouco menos que o dobro da soma dos gastos já contratados pelos todos os demais 11 candidatos. As informações são da Tribuna do Norte.

Até o momento, de acordo com dados da Justiça Eleitoral desta quarta-feira (28), Álvaro Dias foi o candidato que mais contratou despesas. Ao todo, o atual prefeito, que busca a reeleição, contratou despesas em R$ 2.479.179,10. Logo após ele, o senador Jean Paul Prates gastou R$1.061.621,94.

O delegado Sérgio Leocádio (PSL) foi o terceiro que mais gastou, com R$720.538,14 em despesas contratadas, seguido por Hermano Morais (PSB), com R$470.195,00, Coronel Azevedo (PSC), com gastos de R$178.710,90, e Kelps Lima (SDD), que declarou gastos de R$149.600,34 até o momento.

Até o momento, a campanha mais barata para a Prefeitura do Natal foi a da sindicalista Rosália Fernandes (PSTU), que declarou despesas contratadas de R$4.028,00.

Confira lista de gastos por candidato:

Álvaro Dias – R$2.479.179,10

Afrânio Miranda (Podemos) – R$22.573,75

Carlos Alberto (PV) – R$126.583,59

Coronel Azevedo – R$178.710,90

Coronel Hélio Oliveira (PRTB) – R$88.992,50

Sérgio Leocádio – R$720.538,14

Fernando Freitas (PCdoB) – R$39.300,00

Hermano Morais – R$470.195,00

Jaidy Oliver (DC) – R$24.665,35

Kelps Lima – R$149.600,34

Nevinha Valentim (PSTU) – R$23.222,10

Rosália Fernandes – R$4.028,00

Jean Paul Prates – R$1.061.621,94


Comente aqui