Mundo

Furacão Dorian atinge as Bahamas na categoria 5 e chega nesta segunda à Flórida

O FURACÃO DORIAN VISTO DO ESPAÇO PERTO DAS ILHAS VIRGENS AMERICANAS: RISCO DE DESTRUIÇÃO AO CHEGAR NO CONTINENTE (NASA/REUTERS)

O furacão Dorian atingiu o norte das Bahamas neste domingo, 1º, com chuvas torrenciais e ventos de cerca de 300 km/h, um furacão de potência sem precedentes na história deste arquipélago, localizado entre a Flórida, Cuba e o Haiti.

O furacão de categoria 5, classificado como “catastrófico” pelo Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA, tocou a terra ao meio-dia no horário local na ilha Elbow, que faz parte das Ilhas Ábaco, no noroeste das Bahamas, um arquipélago formado por 700 ilhotas.

“Estamos enfrentando um furacão (…) como nunca vimos antes na história das Bahamas”, disse Hubert Minnis, primeiro-ministro do arquipélago, que começou a chorar durante a entrevista coletiva, “Provavelmente, é o dia mais triste da minha vida”, acrescentou.

O NHC, com sede em Miami, informou que ao tocar a terra o Dorian igualou o recorde de furacão mais potente do Atlântico, datado de 1935. Seu diretor, Jen Graham, garantiu que se trata de “uma situação extremamente perigosa”.

“As pessoas ainda estão traumatizadas pelo furacão Matthew (de 2016), mas este é ainda pior”, disse Yasmin Rigby, moradora de Freeport, principal cidade da Grande Bahama. Da Casa Branca, o presidente dos Estados unidos, Donald Trump, pediu vigilância máxima contra este furacão “muito, muito poderoso”.

Veja


Deixe um Comentário