Cidades

Frango-d’água-azul é resgatado pela Guarda Municipal de Natal em condomínio no Pajuçara

FOTO: DIVULGAÇÃO

Uma guarnição do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) realizou na manhã desta quinta-feira (10), o resgate inusitado de uma ave silvestre migratória identificada como Frango-d’água-azul. O animal foi encontrado perdido dentro de um condomínio situado na Avenida Moema Tinoco, no bairro Pajuçara, zona Norte da capital.

Para realizar a captura da ave foi preciso que os guardas municipais utilizassem luvas, pois esse tipo de espécie silvestre pode transmitir fungos, vírus, bactérias ou protozoários para o ser humano. A ação mobilizou quatro agentes que utilizaram as técnicas de captura e resgate para aprisionar a ave sem gerar nenhum tipo de lesão ou estresse.

O Frango-d’água-azul passou pela observação dos guardas que não identificaram nenhum tipo de ferimento ou incapacidade na ave. Provavelmente, o exemplar acabou saindo de alguma área de preservação e entrou no meio urbano.

“É importante que o cidadão que encontrar algum animal silvestre em área urbana não tente pegar ou prender, pois sem o devido conhecimento a medida pode ser perigosa para o cidadão ou mesmo para o animal que pode ser machucado. No caso do Frango-d’água-azul é perigoso tocar nele com mãos nuas, pois pode haver a transmissão de doenças para o homem”, explicou o coordenador do Gaam/GMN, Isaac Cruz.

Os guardas municipais encaminharam a ave ao Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama para que o mesmo seja avaliado por veterinário e, estando em boas condições, seja devolvido a natureza. Para acionar as equipes de resgate de animais silvestre da Guarda Municipal, o cidadão pode ligar para o número 190 do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que as guarnições serão deslocadas ao local da ocorrência.



Comente aqui