Brasil

Fortaleza terá lockdown e fechará serviços não essenciais por 14 dias

O DECRETO COM TODAS AS INFORMAÇÕES DO QUE PODE E DO QUE NÃO PODE FUNCIONAR NA CAPITAL CEARENSE SERÁ PUBLICADO NESTA QUINTA-FEIRA. FOTO: GETTY

Para conter o avanço da pandemia da Covid-19, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e o prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), anunciaram nesta quarta-feira (3/3) algumas medidas mais restritivas e o lockdown com o fechamento de atividades não essenciais na capital. A decisão vale por 14 dias, a partir desta sexta-feira (5/3).

O decreto com todas as informações do que pode e do que não pode funcionar em Fortaleza será publicado nesta quinta-feira (4/3).

Em live, o governador afirmou que essa é essa “a única forma que nós temos hoje de evitar esse crescimento, de proteger a vida dos cearenses. Sei que não é uma decisão fácil, mas vamos anunciar que estamos fazendo o isolamento social rígido aqui na capital cearense a partir de sexta-feira, de meia-noite de quinta para sexta, por 14 dias”.

Camilo ainda fez um apelo: “Repito que a situação é grave e necessita do apoio de todos para que possamos superar esse momento, protegendo os cearenses e salvando vidas. Continuamos firmes nessa luta e vamos vencer”.

Metrópoles


Comente aqui