Cidades

Fiscais apreendem caminhões com 33 toneladas de alimentos e produtos de higiene sem nota fiscal no RN

CARGA AVALIADA EM R$ 400 MIL FOI INTERCEPTADA NA MADRUGADA DESTA SEXTA-FEIRA (5) NA BR-110, NA ALTURA DO MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE. FOTO: DIVULGAÇÃO

Auditores fiscais e policiais militares detiveram dois caminhões que transportavam uma carga de 33 toneladas em produtos de supermercado sem documentação fiscal, na madrugada desta sexta-feira (5) na BR-110, na altura do município de Campo Grande, na região Oeste potiguar.

Segundo a Secretaria de Tributação, a carga era orçada em R$ 400 mil. As mercadorias foram adquiridas na Paraíba e seriam distribuídas sem o recolhimento de impostos. Os servidores estavam em uma operação de fiscalização, reforçada no período da madrugada em função das medidas de contenção a aglomerações.

Ainda de acordo com a pasta, os caminhões estavam carregados com fardos de gêneros alimentícios, entre café e cereais, além de inseticidas e produtos de limpeza e de higiene pessoal, que, possivelmente, seriam distribuídos para pequenos supermercados e mercadinhos de forma irregular.

“A autuação evitou uma sonegação de cerca de R$ 100 mil, que deixariam de entrar para os cofres públicos do RN. O ato de comprar, transportar e distribuir produtos sem nota fiscal – a sonegação fiscal – é considerado crime contra ordem tributária pela legislação”, informou a SET.

Todo o material apreendido foi escoltado pela polícia e levado a Mossoró. Os responsáveis pela carga quitaram as pendências no fim da manhã e a o material já foi liberado.

G1RN


Comente aqui