Brasil

Filho do percursor do Jiu-Jitsu no Brasil, Relson Gracie é preso transportando drogas no RJ

EX-ATLETA LEVAVA SKUNK E MACONHA DENTRO DE UMA MALA. FOTO: DIVULGAÇÃO/REDES SOCIAIS

O lutador aposentado Relson Gracie foi preso na madrugada deste sábado ao transportar skunk e derivados de maconha, enquanto transitava pela Rodovia Presidente Dutra, em Piraí, no Sul Fluminense, dentro de uma mala. O ex-atleta, de 66 anos, viajava em um ônibus interestadual. Os entorpecentes foram flagrados por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a corporação, equipes do Grupo de Operações com Cães (GOC/RJ) da PRF abordaram o ônibus, que fazia a linha São Paulo x Rio de Janeiro. Durante a fiscalização, os cães K9 Bud e K9 Stella, especialistas no faro de drogas, deram sinal de que havia algo de errado em duas bagagens.

No momento da ação, os policiais identificaram o dono das malas, abriram e encontraram diversos frascos contendo skunk, uma maconha mais potente, e derivados da droga em vários formatos – creme, óleo e erva. Com ele, foi encontrado um bilhete de passagem aérea internacional Los Angeles x São Paulo indicando a possibilidade do material ser de origem estrangeira.

Relson é filho de Hélio Gracie, percursor do Jiu-Jitsu no Brasil.

O Dia


Deixe um Comentário