Brasil

Filho de Chico Rodrigues decide assumir vaga do pai no Senado

FOTO: REPRODUÇÃO

Filho do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), o administrador Pedro Arthur, de 41 anos, decidiu assumir a vaga deixada pelo pai, que se licenciou do cargo por 121 dias após ser flagrado com dinheiro na cueca.

Com isso, ele terá direito à remuneração mensal de R$ 33,7 mil e todos os outros benefícios da Casa. A informação foi confirmada ao GLOBO pela assessoria de imprensa de Chico Rodrigues na noite desta quarta-feira (21).

Pedro Arthur, também do Democratas, disputou a última eleição, em 2018, como primeiro suplente na chapa do pai. Pelo regimento do Senado, eventuais substitutos dos parlamentares possuem o prazo de 30 dias para se apresentar. Se isso não acontecer no período determinado, é chamado o segundo suplente. Neste caso, o empresário Onésimo Cruz (PSDB).

A possibilidade da convocação do suplente de Chico Rodrigues foi possível após uma articulação de lideranças do Senado que queriam evitar a análise do caso no plenário da Casa e um eventual embate com o Supremo Tribunal Federal (STF). Inicialmente, o parlamentar pediu afastamento da Casa por 90 dias, o que o deixaria sem substituto.

iG


Comente aqui