Cultura

EM OUTUBRO: Filha de Belchior apresenta em Natal show inspirado na obra do pai

VANNICK BELCHIOR FARÁ DOIS SHOWS NO BELCH BAR, ACOMPANHADA DO VIOLONISTA TARCÍSIO SARDINHA, QUE JÁ TOCOU MUITOS ANOS COM O CEARENSE. FOTO: DIÁRIO DO NORDESTE

Compositor visceral e de mente apurada, o cearense Belchior (1946-2017) deixou os palcos muito antes de sua partida física, mas sua obra continua revisitada com o fascínio igual ou maior que antes. Um legado imensurável através de sua poesia potente a ganhar novos sentidos a cada geração. Em meio a tantos tributos, musicais, biografias e debates, é nos bares onde sua poesia reverbera com a intensidade do bardo de coração selvagem. E sempre há de existir algum bar de fã para chamar de seu. Em Natal é o Belch Bar, em Candelária (Rua Marechal Rondon, 3501). O bar de propriedade de Ariane Cavalcante funciona de quarta-feira a domingo, mas de quinta-feira em diante tem música ao vivo. Não precisa dizer que toca “um bocado de Belchior”, como alerta Ariane, mas também os ícones da MPB em geral e em breve chorinhos e samba de mesa aos domingos.

Não poderia ser outro lugar escolhido para receber a filha deste compositor místico. É Vannick Belchior, que acaba de lançar o show “As Coisas que aprendi nos Discos”, trecho tirado da música “Como Nossos Pais”, que integra o repertório da homenagem da filha para o pai. Vannick vai se apresentar com banda em duas noites do Belch Bar, dias 01 e 02 de outubro. O show tem direção artística e violão de Tarcísio Sardinha, um amigo de longa data de Belchior.

O show será a abertura do mês de comemoração do aniversário de Belchior, dia 26 de outubro. A pré-venda de ingressos está aberta e o contato é pelas redes sociais do Belch @BelchBar. Segundo Ariane, a programação será caprichada e vai ocupar o bar e a rua. “O Belch vai dispor de comidas rápidas e bebidas, terá banheiros para eventos ‘de rua’, uma feira com artes diversas com Belchior como tema”, adiantou ao TL. O local tem uma área de 400m fechada, para 250 pessoas.

A abertura terá o poeta Thiago Medeiros do Insurgências Poéticas recitando Belchior, além de Carlota Nogueira fará discotecagem somente com releituras, e em seguida Vannick entra com a banda. Início do evento para 17h30 sexta e 17h sábado.

O show de Vannick Belchior marca sua estreia nos palcos. Ela promete um verdadeiro passeio por clássicos de Belchior,  entre as 17 faixas que compõem o repertório, estão  “Velha Roupa Colorida”, “Tudo Outra Vez”, “Apenas um rapaz latino-americano”, “Alucinação” e “Como Nossos Pais”. Em recente entrevista ao Diário do Nordeste, Vannick declarou que teve de “entender e compreender muita coisa, superar muita coisa para tocar na obra dele e em relação ao cantar”. Chega no momento certo da minha vida”. Aos 24 anos, a caçula é a única nordestina entre os filhos do poeta.

Com informação do site Tipico Local


Comente aqui