Cidades

Exposição e missa na Catedral Metropolitana celebram 30 anos da visita do Papa João Paulo II ao RN

FOTO: DIVULGAÇÃO

A Arquidiocese de Natal comemora os 30 anos da realização do 12º Congresso Eucarístico Nacional, que contou com a participação do Papa João Paulo II. O evento foi sediado na capital potiguar, no período de 6 a 13 de outubro de 1991. Nesta quarta-feira (13), haverá uma exposição e uma missa em ação de graças, na Catedral Metropolitana.

A exposição “Memórias do 12º Congresso Eucarístico Nacional”, com souvenirs e fotografias do Congresso e objetos usados por São João Paulo II, acontecerá no Centro Administrativo e Pastoral Pio X (subsolo da Catedral), aberta à visitação do público, no horário das 9h às 17h. A abertura foi feita pelo arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha.

A missa em ação de graças será celebrada às 19h, na Catedral Metropolitana, presidida por Dom Jaime, concelebrada por padres da Arquidiocese. Para a celebração, também são convidadas pessoas que trabalharam na realização do Congresso Eucarístico. Na ocasião, também haverá a abertura da fase diocesana do Sínodo dos Bispos 2023, convocado pelo Papa Francisco.

Na quarta-feira (14), nas paróquias, será realizada a Hora Santa Eucarística.

Congresso

O ano de 1991 ficou marcado na história da Arquidiocese de Natal. Naquele ano, a capital potiguar sediou o 12º Congresso Eucarístico Nacional, no período de 6 a 13 de outubro, com o tema: “Eucaristia e Evangelização” e o lema: “A palavra se fez carne”. O encerramento do Congresso contou com a presença do Papa João Paulo II (hoje, São João Paulo II), em sua segunda visita ao Brasil.

Durante todo o ano, a Arquidiocese se preparou para o evento. O então Boletim Informativo da Arquidiocese e a imprensa natalense, desde o início do ano, divulgavam cada novidade, como programação, inscrições, infraestrutura, na preparação para o Congresso e para a visita do Papa.

Em todo o Brasil, a Igreja Católica aprendeu a cantar o hino do  Congresso, de autoria do Pe. José Freitas Campos, do clero natalense. Além do hino oficial, outros cinco compuseram um disco, que foi vendido para todo o país. Eles foram selecionados em dois concursos nacionais, com a participação de mais de 60 letristas e de 60 músicos sacros.

O Congresso e a visita do Papa trouxeram para Natal milhares de pessoas, de todo o Brasil e de outros países, entre autoridades eclesiásticas, leigos engajados e jornalistas. A abertura do evento aconteceu no dia 6 de outubro, com missa, presidida pelo então Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Eugênio de Araújo Sales, na Praça do Congresso (o Papódromo), no Centro Administrativo do Estado, no bairro de Lagoa Nova. Os demais dias foram dedicados às crianças, família, catequistas, ministros ordenados e trabalhadores. As celebrações foram todas presididas por bispos, conhecidos na Igreja Católica, no Brasil.

No dia 12, o número de pessoas na capital potiguar aumentou. Nesse dia, à tardinha, o Papa João Paulo II pisou no solo norte riograndense. No início da noite, naquele mesmo dia, ele presidiu a Eucaristia, do Papódromo. No mesmo local, no dia 13, às 9 horas, aconteceu o encerramento do Congresso, com missa, também presidida pelo Papa. Além da missa, ele ainda se reuniu com bispos e padres e deu a bênção da Capela do Santíssimo Sacramento, localizada no Centro Pastoral Pio X – subsolo da Catedral Metropolitana. No início da noite do dia 13, o Papa embarcou para São Luís (MA).

Com informações da Tribuna do Norte



Comente aqui