Famosos

Ex-vocalista do Kid Abelha quer R$ 200 mil do PT e Haddad, diz colunista

A CANTORA ENTROU NA JUSTIÇA REQUERENDO INDENIZAÇÃO PELA UTILIZAÇÃO INDEVIDA DE SUA IMAGEM E OBRA NAS ELEIÇÕES DE 2018. FOTO: DIVULGAÇÃO

No clima de eleições, militantes do PT usaram a canção Pintura Íntima, do Kid Abelha, para as ações da candidatura de Fernando Haddad no segundo turno de 2018. Paula Toller não gostou e conseguiu no TRE que a música não fosse mais usada. Agora, segundo a colunista Sonia Racy, a cantora entrou na justiça requerendo indenização de R$ 200 mil pela utilização indevida de sua imagem e obra.

Segundo Racy, a ação impetrada na semana passada tem como alvo o Partido dos Trabalhadores (PT) e o ex-candidato Fernando Haddad. A petição diz que a propaganda do partido começava com a imagem do saxofonista Jorge Israel fazendo o solo de abertura da canção e seguia com Toller cantando o refrão “Fazer amor de madrugada, amor com jeito de virada”.

Ainda de acordo com a colunista, a cantora não quer participar de audiências de mediação ou conciliação.

Leia Já


Deixe um Comentário