Política

Ex-secretária Julianne Faria critica atual governo pela tentativa de acabar com o Transporte Cidadão

O PROGRAMA, DESENVOLVIDO PELA  SECRETARIA DE TRABALHO, HABITAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL (SETHAS-RN), NO COMANDO DE JULIANNE FARIA. FOTO: ASSECOM

A ex-secretária Estadual de Assistência Social, Julianne Faria se mostrou preocupada com a suposta intenção da governadora Fátima Bezerra em acabar com o ‘Transporte Cidadão’ – programa pioneiro no Brasil que oferece transporte gratuito para a população de baixa renda ter acesso aos serviços públicos na capital. São 10 linhas em 13 municípios.

Na rede sociais, Julianne publicou uma crítica ao atual governo, numa espécie de desabafo: “Hoje recebi com muita tristeza que a intenção do Governo é por fim ao Transporte Cidadão! Esse posso dizer é um dos primeiros programas que é totalmente auto-sustentável! A arrecadação do ano anterior é quem paga o próximo ano! Nada depende do tesouro Estadual. Além do que, os programas alimentares são bancados pela fonte 105 (salvo engano), que não é o tesouro Estadual. Pesquisas da época mostravam que 29% da população não tinham como ter acesso aos serviços públicos, como: hospitais, centrais do cidadão…. Esse 1 real ou 50 centavos arrecadados pelos restaurantes, café e Sopa cidadã precisava retornar para população em serviços! Sempre com total transparência e conhecimento do Ministério Público Estadual! Por isso, no começo idealizamos 13 linhas, porque se fosse 14 o programa não se pagaria! Trabalhamos a Intersetorialidade que é a forma moderna de gestão! A Sethas fazia o cadastro através do Sine e o DER conduziria as rotas! Infelizmente no nosso país ao invés de se melhorar as ideias é melhor por fim, para ninguém ter mérito!”.


Deixe um Comentário