Variedades

Ex-militar revela que ganha cerca de R$ 5 mil por dia como ator pornô gay

O EX-MILITAR SE DIZ 10% HÉTERO. FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A vida de Daniel McGriffin mudou muito ao longo dos anos. O britânico passou alguns anos como artilheiro do exército inglês, DJ, lutador de boxe, faxineiro e, agora, é um ator pornô de filmes gays. Conhecido no mundo do cinema adulto como Georgie Jackson, ele chega a faturar mil libras por dia de trabalho (cerca de R$ 5 mil). “Não estou nessa por prazer, independentemente do que alguém pense. Estou nessa porque é um trabalho bem remunerado e não vou ganhar esse tipo de dinheiro, legalmente, em nenhum outro lugar”, explicou o britânico, que ainda trabalha como lutador. 

McGriffin ainda falou sobre o apoio que recebe de sua namorada, Freya. “Pessoas de fora da indústria acham que sou gay. Eles não sabem os truques do negócio. Eles dizem, ‘você parece estar gostando’. E eu respondo, ‘obrigado, isso significa que sou um bom ator'”, contou. “Sou 100% hétero“, garantiu o bonitão. O jovem também revelou que apenas seus irmãos sabem da sua profissão. “Minha mãe não tem ideia de que faço pornô. Ela sabe que eu sou algum tipo de modelo gay, eu nunca poderia dizer a ela”, disse. 

Depois de oito anos no exército britânico, McGriffin se sentiu exausto do trabalho. Durante uma folga, o britânico fugiu e, por isso, acabou preso por oito meses na prisão militar. Ele conheceu a profissão sem querer, na época em que era DJ. Uma de suas fãs é uma dominatrix e ela indicou o caminho das pedras. “Eu cheguei a procurar por (trabalho na) pornografia hétero, mas na pornografia gay há muito menos concorrência e não há dinheiro no pornô hétero“, lembrou o ator, que recebeu cerca de 750 libras. 

Meia Hora


Deixe um Comentário