Governo

“Evidentemente não atende o que havíamos reivindicado”, diz Fátima sobre recursos liberados para a saúde

DE ACORDO COM A GOVERNADORA, FÁTIMA BEZERRA, OS R$ 65 MILHÕES NÃO ATENDEM A DEMANDA, AS NECESSIDADES SÃO DE R$ 220 MILHÕES, MAS AGRADECEU A LIBERAÇÃO INICIAL. FOTO: ELISA ELSIE

O ministério da saúde liberou a quantia de R$ 65 milhões para os serviços prestados pela secretaria estadual de Saúde e mais R$ 20 milhões para 51 municípios. Até então, a verba destinada para a saúde no RN era de R$2,5 milhões. De acordo com a governadora, Fátima Bezerra, os R$ 65 milhões não atendem a demanda total, as necessidades são de R$ 220 milhões, mas agradeceu a liberação inicial. “Meus pais me ensinaram uma coisa: que a gente deve cultivar o sentimento da gratidão”, disse.

“Recebemos com muita alegria o ministro e agradecemos pela atenção em liberar os recursos”, afirmou a Governadora para acrescentar que, diante das nossas necessidades este foi um passo importante. “O povo do Rio Grande do Norte me conferiu a função de governadora através do voto. E vou bater em todas as portas para cobrar ao Governo Federal o atendimento às nossas reivindicações”, reforçou

Os recursos são destinados aos serviços da atenção primária e hospitalar, aquisição de equipamentos, obras de construção, reforma e ampliação de unidade de saúde, custeio dos serviços de urgência e emergência e ampliação da capacidade de atendimento à população.

HOSPITAL DA PM PASSA A INTEGRAR O SUS

Outra medida importante solicitada pelo Governo do Estado, e agora atendida pelo Ministério da Saúde, é a inclusão do Hospital Central da Polícia Militar Coronel Pedro Germano na rede SUS. O Hospital da Polícia Militar vai receber aporte de R$ 7,8 milhões por ano para atendimento a pacientes do SUS na urgência e emergência 24 horas.


Deixe um Comentário